Os animais resgatados das ruas durante a enchente de maio têm a oportunidade de conseguir um novo lar. No sábado (29), a Associação Cão da Guarda, a prefeitura de Porto Alegre e o Shopping Total deram início a uma feira de adoção de cães e gatos, que deve se estender até o dia 29 de julho.

Os pets foram vermifugados e castrados antes do evento, além de receberem vacinas contra a raiva e outras doenças. Nos casos de animais entregues antes da castração, os tutores podem agendar o procedimento no Castramóvel. Todos os animais disponíveis no evento são microchipados para identificação em caso de perda ou fuga. Para adotar, é preciso ter mais de 18 anos e apresentar documento de identidade com foto, CPF e comprovante de residência, além de levar guia e coleira para cães ou caixa de transporte para gatos.

A voluntária Vívia Scherer relata que o trabalho voluntário, realizado desde 2018, ajudou a garantir dignidade para mais de 800 gatos. “Faço o acompanhamento para saber se está tudo bem. Às vezes, a pessoa também me chama para trocar ideia. É um trabalho de formiga que, aos poucos, vai dando resultado”, afirma. Os felinos levados ao evento pela protetora foram adotados logo no início do dia, no domingo.

Scherer avalia cuidadosamente o perfil dos novos tutores, para evitar que os animais sejam maltratados ou abandonados novamente. “Tem muita gente que perdeu um gato ou não levou e está tentando repor, e esse estilo de adotante não me interessa. Tenho um grupo muito seleto de doações”, conclui.

Felinos adotados no domingo (30) em feira realizada no estacionamento do Shopping Total. Foto: Liz Fonseca / Beta Redação

Coordenadora do evento e voluntária da Associação Cão da Guarda, Fernanda Leite comemora a adoção de 56 animais apenas no primeiro dia do evento. “Ontem foram todos os gatos”, afirma. De acordo com ela, são tomados cuidados para garantir que os tutores escolham o animal certo. “Fazemos entrevista com as pessoas adotantes para ver se o cachorrinho se enquadra. Avaliamos o ambiente, se mora em casa, se tem crianças ou outros bichinhos.”

O espaço vazio é um bom sinal: mais um cãozinho foi adotado. Foto: Liz Fonseca / Beta Redação

A equipe da ONG 101 Viralatas, que participou da feira de adoção, mantém um perfil no Instagram para ajudar tutores a encontrar animais perdidos durante as enchentes. O perfil já possui mais de 120 publicações, cada uma representando um cão ou gato que foi salvo da catástrofe climática e está em lar temporário aguardando o reencontro com a antiga família.

Histórias com final feliz

Uma das pessoas que esteve na feira durante o primeiro final de semana foi Felipe Aquere, acompanhado da esposa e da filha. O pai da Maria Eduarda, de 7 anos, relata que ter mais um cão em casa era um desejo da menina. “A gente já estava procurando um cachorrinho. Até temos uma, mas ela é muito grande e fica na nossa oficina, e esse tem o tamanho ideal para ficar em casa”, explica o pai. Além de um lar amoroso, o cão, que no abrigo era chamado de Dez, foi rebatizado. “Vai ser Doguinho”, afirma Maria Eduarda.

Outra pessoa que adotou um novo pet no evento foi Eduarda Gonçalves. Acompanhada da mãe, a jovem diz não ter encontrado mais filhotes para adoção no final da tarde do sábado, o que a fez retornar no dia seguinte. “Ontem, no fim da tarde, só tinha os cães maiores, ou que as pessoas devolveram”, explica. Na segunda tentativa, encontrou o novo membro da família: Rocky. “Temos dois bichinhos em casa, e a gente queria mais um companheirinho. Hoje, a gente veio mais cedo e encontrou esse filhotinho, que estamos levando para casa”, comemora a tutora.

O filhote Rocky é adotado por Eduarda Gonçalves. / Foto: Liz Fonseca / Beta Redação

Quero adotar

Feira de adoção no Shopping Total

  • Onde: Av. Cristóvão Colombo, 545 – estacionamento B
  • Todos os dias, das 14h às 19h – iniciativa segue até 29 de julho
  • Adotante deve ser maior de 18 anos e levar documento de identidade com foto, CPF e comprovante de residência, guia (para cães) ou caixa de transporte (para gatos)