Esporte

Yoga: o equilíbrio entre a mente e o corpo

Proprietária do Nilaya Yoga & Saúde, Sasha Alano fala sobre a prática indiana

Sasha Alano. (Foto: Bárbara Bengua)

 

O yoga é um estilo de vida. Pelo menos, é o que afirma a professora da prática Sasha Alano. Proprietária da escola Nilaya Yoga & Saúde, com sede em Novo Hamburgo/RS, ela estuda esse tema há 25 anos e é instrutora há 15. “Fazer yoga não se trata apenas de melhorar a postura. Trata-se de se autodescobrir, de evoluir como ser humano”, revela.

Sasha é, além de professora, uma entusiasta da cultura indiana. “Tenho a necessidade de ficar na Índia pelo menos três meses por ano”, afirma. A primeira vez que foi para o país oriental foi aos 16 anos e, desde então, a sabedoria hindu faz parte da sua vida. “Morei durante seis anos lá e me aprofundei muito na prática do yoga em comunidades de meditação. Mas é claro que sempre podemos aprender mais. Por isso, todos os anos visito a Índia com o objetivo de me aperfeiçoar”, compartilha.

Mas isso não é tudo. Depois de passar um longo período no país, quando retornou ao Brasil Sasha ainda cursou Educação Física na UFRGS e, em 2009, abriu sua escola, focada no Hatha Yoga, que é o estilo mais difundido no Ocidente. “Essa prática busca equilibrar a mente e o corpo através da concentração”, destaca.

 

Procura pelo yoga
Segundo Sasha, a maioria das pessoas busca o yoga para diminuir a ansiedade e, ocasionalmente, por conta de dores nas costas. “O yoga não é estética. O seu objetivo é atingir a tranquilidade. Trabalhamos postura, respiração, consciência corporal e meditação totalmente voltados para o lado espiritual”, observa. “Na nossa escola, não temos espelho, não temos música. Todo mundo está ali para se aceitar e se descobrir”, diz.

 

Imagens da escola Nilaya Yoga & Saúde / Fotos: Bárbara Bengua

 

O parâmetro para saber se as aulas estão dando resultado é, para a professora, o silêncio. “Atualmente, não conseguimos mais ficar quietos. Aqui, quando meus alunos saem em silêncio, sei que a prática está funcionando, pois é isso que buscamos”, enfatiza, ressaltando que o corpo também se cansa com as obrigações do dia a dia e o yoga permite que os problemas fiquem do lado de fora da sala de aula. “Aqui, não se fala sobre política, sobre assalto. É um refúgio de tudo”, orgulha-se.

 

Formação
Além das aulas, o Nilaya Yoga & Saúde também possui cursos de formação de instrutores e outras atividades relacionadas ao yoga e à meditação. “Muitas pessoas que fazem esse curso nem têm a pretensão de dar aula. O que acontece é que elas têm interesse em saber mais sobre a parte filosófica por trás dessa prática milenar”, finaliza.

 

Os resultados obtidos

 

A psicóloga Ana Cabral, 36 anos, começou a fazer yoga há cerca de dez anos. “Escolhi essa prática por ser sedentária e, como não gosto de academia e era muito ansiosa, achei que seria bom. E, de fato, foi: adorei”, recorda.

Ana Cabral / Foto: Arquivo Pessoal

No entanto, engana-se quem pensa que o yoga é algo fácil e simples. Por mexer com o corpo e a mente, é um exercício que exige muito empenho. “Nas primeiras práticas, fiquei dolorida, achei difíceis algumas atividades, pois são posturas de permanência e equilíbrio, que exigem muita concentração e paciência”, reforça Ana.

Mas a recompensa vem logo a seguir: “Com a prática do yoga, aprendi a respirar melhor, coisa que, no dia a dia, não nos damos conta, fazendo tudo no automático. É um treino diário”, opina a psicóloga, que tenta incorporar os ensinamentos na sua rotina.

As dificuldades servem de incentivo para ir mais adiante. Por isso, Ana é persistente e considera a competição consigo mesma o seu maior desafio. “Tem dias que a falta de concentração torna as posturas de equilíbrio muito mais difíceis”, confessa. Mas ela concorda que somente a prática pode levar à perfeição.

Lida 1210 vezes
  • Publicado em: 19/05/2016
  • Palavras chave: iogayoga

Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Por favor resolva a equação * Time limit is exhausted. Please reload the CAPTCHA.