Geral

Unidos pela democratização do yoga

Há dois anos o Coletivo Namaskar promove aulas de yoga de forma gratuita em parques da região metropolitana de Porto Alegre

betaredacao-geral-yoga-poa.jpg

As práticas de yoga do Coletivo sempre acontecem em meio à natureza e prezam pela apropriação do espaço público./ Foto: Coletivo Namaskar.

Em meio à rotina cada vez mais corrida, o caótico trânsito, o vai e vem dos grandes centros urbanos, tornou-se cada vez mais difícil conseguir estabelecer um contato com a natureza, desconectar do mundo em que vivemos e simplesmente relaxar.

Com o intuito de proporcionar momentos assim, o Coletivo Namaskar criou o projeto yoga para todos, que promove aulas gratuitas em parques de Porto Alegre e Gravataí. “Somos um grupo de professores de yoga, que decidiu somar energias para sonhar e realizar juntos maneiras de levar essa filosofia para mais pessoas. Para isso, resolvemos nos apropriar dos espaços públicos que, de fato, são de todos nós”, conta a jornalista Nanda Barreto, 34 anos, que é uma das fundadoras do Coletivo Namaskar.

Nanda afirma que nesses dois anos de projeto, mais de mil pessoas já participaram das aulas e que uma das coisas mais gratificantes é saber que muitos tiveram o primeiro contato com o yoga através da iniciativa.

Kaiã Machado, 29 anos, faz parte do grupo há oito meses, relata que em todas as práticas chegam pessoas que nunca tinham tido contato com o yoga ou, até mesmo, nunca haviam ouvido falar a respeito. “Eu mesmo faço parte dessa realidade, pois pratico yoga há três anos, mas comecei de forma autônoma, através de livros e vídeos. Meu primeiro contato com uma professora foi através do Coletivo. Hoje, dou aulas em alguns lugares, entre eles na Redenção, em Porto Alegre, representando o grupo”.

A história de Kaiã com o Coletivo se apoia no principal objetivo do projeto, que é possibilitar que qualquer pessoa possa desfrutar dessa experiência de forma livre e gratuita. “É ‘deselitizar’ a técnica, aproximá-la de um público leigo, que nunca teve acesso e que talvez nunca tivesse oportunidade de praticar, seja por falta de acesso, desconhecimento ou dinheiro”, diz Machado.

Outro diferencial do movimento é trazer as pessoas para perto da natureza; mudar o foco das aulas – que normalmente acontecem dentro de salas ou academias. Nanda ressalta que praticar ao ar livre é terapêutico, pois mais do que uma aula, esse é um momento de partilha e conexão. “Geralmente, fazemos as aulas em círculo, onde todos são iguais e podem se olhar nos olhos. Realizamos uma breve apresentação, na qual cada um tem a oportunidade de falar sobre a sua relação com o yoga ou a motivação que o levou até ali”, conta ela.

A estudante de jornalismo, Fernanda Garrido, 24 anos, que já praticava yoga antes de conhecer o movimento e chegou até ele através do Facebook, conta que o contato direto com a natureza faz toda diferença, pois transmite uma energia sem igual.

No primeiro domingo do mês ocorrem as aulas no Parcão de Gravataí, onde Fernanda participa da prática, ministrada pela estudante de fisioterapia, Paula Rodrigues Eberhardt, 21 anos

Paula relata que além dos benefícios físicos que a prática traz para cada um, o yoga representa um bem social enorme, de inclusão e proporciona saúde e bem-estar. “Atuar em Coletivo permite que a prática atue com um efeito dominó. As pessoas vão percebendo a importância e se deixam tocar, querem levar isso aos outros. São diversos os exemplos de pessoas que começaram a praticar no Coletivo, fizeram a formação e voltaram como instrutores. Esse ciclo vai se perpetuando”, conta a professora atuante no projeto desde janeiro deste ano.

Além das práticas abertas em praças da região metropolitana, o Coletivo Namaskar em parceria com a Escola Porto Alegre (EPA), que atua com moradores de rua e população carente, criou o projeto social de práticas semanais que ocorrem na escola e são abertas ao público.

Ficou interessado em participar?

O Coletivo Namaskar oferece aulas que não são para níveis avançados e nem com posturas complexas. Sendo assim, todos podem experimentar.

A agenda é atualizada toda segunda-feira e pode ser acompanhada na página do Facebook.

Alunos em prática no Parcão de Gravataí.

Alunos se reúnem para praticar yoga no Parcão de Gravataí./ Foto: Coletivo Namaskar.

 

Aumento na prática

Nos últimos anos, a busca por uma vida mais saudável cresceu e, com isso, a prática do yoga começou a se popularizar em todo o mundo. Segundo o site Yoga Sampa , um estudo conduzido pelo Yoga Journal e Yoga Alliance, concluído no início de 2016, mostrou que o número de pessoas praticando yoga nos Estados Unidos aumentou em 16,6 milhões desde 2012 , totalizando hoje mais de 36 milhões de adeptos.

infográfico yoga eua

card yoga

 

Namastê!

Lida 1198 vezes

Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Por favor resolva a equação * Time limit is exhausted. Please reload the CAPTCHA.