Cultura

Um raio-X da representatividade na Marvel e na DC Comics

Produtoras entendem que a diversidade deve fazer parte dos seus roteiros

Luis Felipe Matos e Débora Vaszelewski
As histórias de super-heróis nos carregam para uma​ outra dimensão. Nesse multiverso, acreditamos que podemos desviar de balas, pular mais alto do que um prédio ou até mesmo voar. Ou, quem sabe, escalar paredes e lançar teias. Somos iguais ao super-herói que mais admiramos. Mas o quanto eles se parecem conosco? 
O que vemos ao longo do anos nos quadrinhos é a representatividade ser abordada de maneira mais superficial. A maior parte dos heróis segue o padrão: homem, branco, norte-americano clássico, com uma vida financeira estável. Onde estão os negros e pessoas das demais etnias? Qual o papel das mulheres na hora de salvar o mundo? Onde está a diversidade no universo das HQs da Marvel e da DC Comics?
Confira o vídeo em que fazemos uma análise sobre as produções e identificamos como os super-heróis que são “fora dos padrões” têm atuado nas histórias.

 

Lida 122 vezes

Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Por favor resolva a equação * Time limit is exhausted. Please reload the CAPTCHA.