Política

“Só há provas contra Temer e Aécio”, avalia presidente do PT gaúcho

Ary Vanazzi, prefeito de São Leopoldo, entende que envolvimento do ex-ministro Guido Mantega como elo entre o partido e a JBS não está comprovado

Segundo o site “O Globo”, o delator Joesley Batista, dono da JBS, afirmou na sua declaração à Procuradoria-Geral da República que o ex-ministro Guido Mantega era o seu contato dentro do PT. Conforme o jornal, Mantega negociava com o empresário o dinheiro da propina para ser distribuído aos petistas e aliados. Joesley também contou que havia uma conta corrente para o PT na JBS. Mantega não se pronunciou até o momento.

Entretanto, para o presidente estadual do PT, Ary Vanazzi, prefeito de São Leopoldo, “só há provas contra Temer e Aécio, e eles continuam no poder. Contra o PT, tem suspeita de contas na Suíça, de apartamento triplex, mas até agora nunca apresentaram nada concreto”.

Além disso, o prefeito reitera a importância das investigações. “Eu quero que a verdade apareça e que os culpados sejam punidos. Até o governo Lula, a PF não tinha autonomia nenhuma, mas agora a situação é diferente. O Lula deu pleno poder pra eles”, diz Vanazzi.

Vanazzi lembra que o processo de delação premiada, fixado pela Lei 12.850, foi sancionado em 2 de agosto de 2013 pela presidente Dilma Rousseff, que, segundo o líder petista, foi tirada do poder sem nenhuma acusação. “Esse aí (Temer) tem prova, tem tudo, e ele continua no poder”, declara.

Antes de se deslocar para os protestos organizados na noite de quinta-feira (18) em São Leopoldo, o prefeito declarou que é a favor das eleições diretas e acredita que o presidente Temer deve renunciar. “Não é possível fazer um golpe dentro do golpe, precisamos de eleições diretas! É por isso que eu estou indo às ruas.”

Nesse caso, o nome preferencial do PT , confirma Vanazzi, seria o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva. O prefeito acredita que esse seria um dos candidatos mais fortes, uma vez que a população está clamando contra mudanças feitas no governo Temer que retiram direitos dos trabalhadores.

Lida 790 vezes

Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Por favor resolva a equação * Time limit is exhausted. Please reload the CAPTCHA.