Geral

OPINIÃO: Sem glúten, sem lactose e sem shampoo

A busca pelo estilo de vida saudável e politicamente correto dá vida a um novo tipo de consumo. Nomes impronunciáveis e substâncias desconhecidas dão lugar a alimentos orgânicos, sem glúten e sem lactose que enchem prateleiras de mercados; e a cosméticos sem parabeno e cruelty free, sempre à mão nas farmácias. O empreendedorismo sustentável é crescente, com mais e mais exemplos em diversos ramos do comércio e da indústria.

Blogs e perfis nas redes sociais são, na maioria das vezes, os responsáveis por disseminar essa filosofia. Desde as contas fitness até as que ensinam como substituir cosméticos por itens comuns na despensa, esse segmento tem ganhado espaço na mídia. Um deles é o movimento no poo ou low poo (do inglês “sem shampoo” ou “pouco shampoo”) que, como o nome sugere, ensina a usar menor ou nenhuma quantidade de produtos para limpar os cabelos.

Como alternativa, as blogueiras são adeptas da combinação de bicarbonato de sódio e vinagre de maçã. O primeiro tira a oleosidade, enquanto o segundo fecha a cutícula e garante brilho prolongado aos fios. A explicação para essa mudança é que, segundo elas, o uso de shampoo limpa os cabelos profundamente, tirando até a oleosidade necessária à saúde capilar.

Outra opção é o uso de cúrcuma para escovar os dentes, divulgada pela chef e apresentadora Bela Gil numa postagem em sua página no Facebook. Ela afirma que isso acaba com os “malefícios do flúor”. Ao contrário do outro método, aclamado por maioria dos leitores, Gil foi condenada nas redes sociais por ter feito a sugestão.

Ambas as iniciativas mostram uma nova forma, mais sustentável e barata, de manter hábitos diários. Nesses casos, a adequação às novas tendências se une à economia e desperta a curiosidade daqueles que, até então, não tinham nem o costume de ler os rótulos do que compram. Depois de algumas matérias e buscas na internet, todos tornam-se especialistas nas mais diversas novidades.

Ainda que a alimentação saudável – com seus orgânicos, lights e diets – pese no bolso, a necessidade de mostrar o quanto se vai à academia ou quão saudáveis são os pratos que vão parar no Instagram ou no Snapchat dão o empurrão que falta para a testar o novo. Mesmo assim, um hábito tão enraizado como o do uso do creme dental ou dos produtos para os cabelos ainda terá seu espaço por bastante tempo.

Lida 1135 vezes

Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Por favor resolva a equação * Time limit is exhausted. Please reload the CAPTCHA.