Geral

Saiba onde doar sangue em Porto Alegre

Alguns bancos de sangue operam com estoque abaixo do ideal na capital do Rio Grande do Sul

Quarta-feira, 14 de junho, é o Dia Nacional do Doador de Sangue, e devido à essa data, algumas campanhas de conscientização e a própria vontade da população fazem com que as doações voluntárias cresçam. Porém, alguns bancos ainda operam com estoque abaixo do ideal e é necessário aumentar a quantidade de doadores voluntários. Segundo a OMS o Brasil ainda recebe cerca de metade das suas doações por contrapartida.

Alguns doadores, entretanto, são voluntários, mantém uma certa regularidade e recomendam a prática aos outros cidadãos. O projetista Rodolfo Pizzi é doador regular há três anos e doa em um intervalo de seis meses: “é extremamente prazeroso saber que está ajudando alguém”, conta Rodolfo. Ele também integra a diretoria de um time amador de futebol americano, o Bento Gonçalves Snakes, e é o responsável por incentivar grupos de atletas a realizar doações regulares. “Fazemos as doações através das campanhas do Snakes, com o objetivo de ajudar mesmo. Quero conscientizar os atletas quanto a importância das doações”, explica.

 

Atletas do Bento Gonçalves Snakes em campanha de doação de sangue. Foto: Divulgação BG Snakes

 

Rodolfo ainda conta que a equipe está sempre disponível, e caso necessário, eles possuem um pequeno grupo de doadores voluntários que praticam o ato à cada três meses. “Houve um caso que mobilizamos um grupo até Porto Alegre para doar sangue para a cirurgia do pai de uma amiga nossa”, relata o Rodolfo.

Como e onde doar sangue

Para doar sangue é necessário cumprir alguns requisitos básicos. São eles: ter entre 16 e 69 anos de idade, sendo que menores de 18 anos precisam de autorização dos pais e maiores de 60 precisam ter realizado a primeira doação antes de completar a idade; ter peso igual ou superior a 50 kg; ter dormido pelo menos seis horas nas últimas 24 horas; estar bem alimentado, porém se for uma refeição pesada, deve aguardar cerca de duas horas.

Também existem impedimentos, divididos entre temporários e definitivos.

Temporários: estar saudável por pelo menos 7 dias; não estar em período gestacional (em caso de cesariana deve-se aguardar 180 dias e parto normal 90); não estar amamentando; não ter ingerido bebida alcoólica nas últimas 12 horas; não ter feito tatuagem e colocado piercing nos últimos seis meses. Piercings em cavidades orais ou órgãos genitais impedem a doação; não ter feito nenhum exame ou procedimento cirúrgico que utilize endoscópio nos últimos seis meses e em risco de doenças sexualmente transmissíveis deve-se aguardar 12 meses.

Definitivos: pessoas que tiveram hepatite após os 10 anos de idade; pessoas com evidências clínicas ou laboratoriais diagnosticadas com as seguintes doenças transmissíveis pelo sangue: hepatites B e C, Aids (vírus HIV), doenças associadas aos vírus HTLV I e II e Doença de Chagas; pessoas com malária e usuários de drogas ilícitas ou injetáveis.

Se você cumpre os requisitos citados acima e deseja ser doador, a cidade possui diversos bancos de sangue espalhados por todo o território. Alguns ainda operam em baixa, como é o caso do Hospital de Clínicas de Porto Alegre, segundo informações da Secretaria Municipal da Saúde. Confira no mapa abaixo o local mais próximo de você para doar sangue:

Lida 680 vezes

Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Por favor resolva a equação * Time limit is exhausted. Please reload the CAPTCHA.