Cultura

RESENHA: Depois de você

Para muitas pessoas a perda de um ente querido é a perda do seu eu próprio, um acontecimento insuperável que muda o rumo das vidas. Para Louisa Clark, principal personagem do livro “Como eu era antes de você” (que fez os leitores derramarem rios de lágrimas) e de sua continuação “Depois de Você”, da escritora londrina Jojo Moyes, perder seu amado Will Traynor lhe trouxe a chance de se redescobrir, experimentar novas coisas e conhecer novos lugares, como ele queria que ela fizesse. Mas, com o passar dos meses, Louisa percebe que o fim trágico da história dos dois, após um começo em um momento inesperado, deixou mais cicatrizes nela do que imaginava.

Autora de grandes livros, como “A Casa das Marés” (2007), “A Última Carta de Amor” (2012), “A garota que você deixou para trás” (2014) e “Um Mais Um” (2015), Jojo Moyes estudou na Royal Holloway e no Bedford New College, na Universidade de Londres, e, em 1992, ganhou uma bolsa financiada pelo jornal The Independent para cursar uma pós-graduação em Jornalismo na City University, também de Londres. A escritora trabalhou no The Independent por dez anos e começou a se dedicar em tempo integral à carreira de romancista em 2002, quando seu primeiro livro, “Sheltering Rain” (“Em Busca de Abrigo”), foi publicado.

Após cansar das aventuras, Louisa se estabelece em um pequeno apartamento e se mantém trabalhando em um pub de aeroporto. Longe da família, ela segue em estado de luto tentando camuflar a dor e a solidão com garrafas de vinho. Até que três acontecimentos a tiram de sua zona de conforto, fazendo-a repensar no modo como está levando a vida. Primeiro, um acidente a obriga a passar novamente algum tempo com os pais em sua cidade natal, onde também passara os últimos meses de vida com Will, e a faz encarar a realidade da perda. Segundo: Louisa conhece o paramédico Sam Fielding, acostumado a lidar com mortes e perdas, alguém capaz de entender o luto e os sentimentos dela. E, por fim, a chegada de uma pessoa inesperada, alguém do passado de Will, que faz com que a moça se questione ainda mais sobre os acontecimentos recentes.

Confesso que após a crise de choro do primeiro livro fiquei ansiosa e, ao mesmo tempo, receosa de ler a continuação, afinal, não há mais “Lou e Will”. Agora é apenas Lou e o sentimento de perda. Depois, porém, me prendi à leitura pela personalidade cativante e irreverente de Louisa, pela angústia em encontrar uma solução para os novos problemas e pela esperança de um “felizes para sempre” para uma moça que está sempre pensando em ajudar os outros e que merece encontrar um novo amor e seguir em frente.

Para aqueles que se encantaram com a história de Louisa e Will em “Como eu era antes de você”, uma boa notícia: a história chega aos cinemas em 16 de junho, em um drama romântico dirigido por Thea Sharrock e estrelado por Emilia Clarke, Sam Claflin, Jenna Coleman, Charles Dance, Matthew Lewis, Ben Lloyd-Hughes e Janet McTeer. Vai dar para matar a saudade desse casal incrível!

Crédito: Warner Bros.

Cartaz do filme baseado no livro de Jojo Moyes. (Reprodução, Warner Bros.)

 

Lida 600 vezes

Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Por favor resolva a equação * Time limit is exhausted. Please reload the CAPTCHA.