Economia

Profissão Youtuber

Plataforma que possui mais de um bilhão de usuários, é a nova queridinha dos anunciantes

Você já deve ter assistido algum vídeo do YouTube e ter se perguntado o quando aquela pessoa ganha para produzir isso. Por exemplo, o sueco Felix Kjellberg, conhecido como PewDiePie com mais de 55 milhões de seguidores na plataforma é o youtuber mais bem pago do mundo, ele arrecada cerca de US$ 12 milhões (mais de R$ 45,5 milhões) por ano. Ele lidera a lista do Social Blade, site certificado pelo YouTube que revela o quanto cada Canal ganha.

A plataforma de distribuição de vídeos YouTube é uma adolescente com apenas 12 anos, mas já possui conquistas de gente grande. De acordo com as estatísticas divulgadas pela plataforma, mais de um bilhão de usuários assistem milhões de horas de vídeo na plataforma diariamente.

O YouTube está presente em mais de 88 países e disponível em 76 idiomas diferentes  (o que abrange 95% dos usuários da Internet). Estes motivos levaram ao crescimento diário e se tornaram um potencial para grandes e pequenas marcas que veem nos canais dos Youtubers uma forma de anunciar com baixo custo e potencial alcance mundial.

Para fazer um anúncio na plataforma é muito simples. Basta escolher uma das diversas opções de segmentação: idade, sexo, localização ou interesses. Outra facilidade é que o anunciante tem total controle sobre o orçamento investido – o qual, uma parte, é direcionada para os donos dos canais.

Além disso, você só paga quando alguém interage com seu anúncio. Se o anúncio for ignorado antes de 30 segundos (ou antes do fim), você não paga um centavo. O YouTube também disponibiliza a ferramenta Analytics, que torna mais fácil ver o desempenho do anúncio.

 Criadores de conteúdo

Depois da plataforma estourar mundialmente, uma nova profissão emergiu dentro dela: Os Youtubers, ou como são chamados, criadores de conteúdo. São milhares de canais que juntos somam bilhões de seguidores e visualizações.

O Social Blade é uma ferramenta, criada em 2008, e é referência em análise de dados conseguindo se aproximar do quanto os canais faturam. O site calcula os ganhos dos criadores de conteúdo com base em uma medida utilizada no ramo da publicidade: RPM (receita por mil impressões), que é, basicamente, o valor que os canais recebem dos anunciantes a cada 1.000 visualizações de vídeo.

Como apenas a Google controla os reais valores, o Social Blade se baseia em uma média baixa de RPM para a indústria – 25 centavos de dólar (83 centavos de real) a cada 1.000 visualizações, até uma média alta – 4 dólares (cerca de 13 reais).

Brasil

Aqui no Brasil os canais de YouTube estão cada vez mais em alta. Neles é possível ver conteúdos dos mais variados tipos: culinária, viagens, piadas, paródias, estudar para o Enem e muito mais.

Abaixo temos os 10 canais do YouTube Brasil com maior números de inscritos e por consequência com maiores rendimentos.

 

1.Whindersson Nunes

Inscritos: 20.672.773

Estimativa de lucro mensal: 19.1 mil dólares

 

2. Canal KondZilla

Inscritos: 14.845.401

Estimativa de lucro mensal: 155 mil dólares

 

3.Porta dos Fundos

Inscritos: 13.241.255

Estimativa de lucro mensal: 12.8 mil dólares

 

4.Canal Canalha

Inscritos:13.046.488

Estimativa de lucro mensal: 6 mil dólares

 

5.Rezendeevil

Inscritos: 11.763.080

Estimativa de lucro mensal: 30 mil dólares

 

6.Felipe Neto

Inscritos:11.533.815

Estimativa de lucro mensal: 34.5 mil dólares

 

7.5 Minutos

Inscritos: 10.682.635

Estimativa de lucro mensal: 5.8 mil dólares

 

8.Parafernalha

Inscritos: 9.152.803

Estimativa de lucro mensal: 4.5 mil dólares

 

9.Canal Nostalgia

Inscritos: 9.429.207

Estimativa de lucro mensal: 2.5 mil dólares

 

10. Galo Frito

Inscritos: 9.090.807

Estimativa de lucro mensal: 2.9 mil dólares

 

Lida 182 vezes

Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Por favor resolva a equação * Time limit is exhausted. Please reload the CAPTCHA.