Política

Politicamente Mulher: Valorização feminina em voga na cidade de Estância Velha

A série especial da Beta Redação apresenta em seu quarto episódio a trajetória de Ivete Grade

Daniela Tremarin, Ellen Renner, Graziele Iaronka, Paloma Griesang e Victória Freire

 

O Rio Grande do Sul conta hoje com 486 prefeitos, destes apenas 31 são mulheres.Sete delas estão na região do Vale e a série Politicamente Mulher continua na missão de apresentar cada uma delas.

No último episódio contamos a história da prefeita de Morro Reuter, Carla Chamorro (PTB). Ela é a segunda mulher a comandar o Executivo do município e trouxe consigo mais de 20 anos de experiência política.

Desta vez, a Beta Redação foi até a cidade de Estância Velha para conhecer sua líder. A cidade famosa pelo seu Kerb, elegeu em 2016 Ivete Grade (PMDB) e pela primeira vez tem uma mulher à frente da Prefeitura. Nossa equipe conversou com ela e apresenta agora  sua trajetória até a liderança do município.

De vice a prefeita, focada nas políticas públicas

Maria Ivete de Godoy Grade, 49 anos, é pós-graduada em gerenciamento de cidades e começou a carreira política em 2012, quando foi eleita vice-prefeita de Estância Velha. Mas a experiência de Ivete no setor público vem de antes disso. Há 30 anos ela é funcionária de carreira. Após esse período como funcionária concursada e quatro anos como vice-prefeita, ela foi eleita em 2016 com 7.607 votos, o que representa 33.12% do eleitorado da cidade.

A bagagem adquirida nestes anos fez com que Ivete pensasse a política para além da política partidária, apontando para as políticas públicas. O foco, conforme Ivete, é a geração de renda para mulheres, e a valorização feminina e da família. Conheça agora a trajetória de Ivete Grade, primeira prefeita de Estância Velha.

Lida 318 vezes

Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Por favor resolva a equação * Time limit is exhausted. Please reload the CAPTCHA.