Economia

PODCAST: As novas propostas de alterações na CLT

Especialista em Direito Trabalhista e alunos de Jornalismo discutem novas mudanças na CLT

Antes mesmo da Câmara dos Deputados aceitar o pedido de impeachment da presidenta Dilma Rousseff, Michel Temer e o Partido do Movimento Democrático Brasileiro (PMDB) lançaram a Ponte para o Futuro, um programa de governo que sugere diversas modificações na gestão dos projetos e ainda algumas alterações na Constituição Federal e em outros direitos, como na Consolidação das Leis do Trabalho (CLT).

Após a posse do novo presidente, o governo sinalizou ao Congresso Nacional o envio de algumas propostas de modificações nas leis brasileiras, como a possibilidade de aumento da carga horária de trabalho para 12 horas, totalizando 48 horas semanais, e o que estão chamando de “atualização” das leis trabalhistas. Com a saída oficial de Dilma e a posse de Temer, a discussão ganhou força, sendo apresentada oficialmente pelo novo Ministro do Trabalho, Ronaldo Nogueira. Até então, as informações são nebulosas e desencontradas, tendo divergências dentro do próprio governo. Para isso, a equipe da Beta Redação convidou o especialista Guilherme Wusch, professor de Direito Trabalhista da Unisinos, para esclarecer as principais dúvidas sobre essas mudanças e ainda promoveu um debate entre os repórteres Caubi Scarpato, Gabriel Pureza e Virgínia Machado, em um diálogo sobre as principais prioridades da sociedade frente às mudanças em andamento.

 

 

Lida 981 vezes

Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Por favor resolva a equação * Time limit is exhausted. Please reload the CAPTCHA.