Política

As redes sociais após as eleições

Uso contínuo das ferramentas influencia diretamente na construção da imagem do político

Com o fácil acesso ás redes sociais visto hoje, os políticos acompanham o crescimento e se adaptam ao uso delas, com o objetivo de se aproximar do eleitorado e poder mostrar suas ideias e atividades realizadas. Uma pesquisa realizada pela consultoria Medialogue, que desenvolve atividades digitais dos parlamentares, afirma que 31% dos deputados e 7% dos senadores são ausentes das redes sociais. E, que nos últimos três anos, 48 milhões de brasileiros começaram a seguir políticos nas redes sociais.

Mas hoje, não basta apenas ter uma rede social com milhares de seguidores e não usar uma boa estratégia para influenciar o público. Para o ex-diretor de mídias sociais da Prefeitura de Curitiba, Álvaro Borba, o truque é construir uma boa relação com o público, para que eles tenham interesse em ler a informação de uma forma diferente dos outros veículos.

“O ideal é achar intercessões entre os assuntos dos quais a rede já está falando e aquilo que a corporação ou marca pretende divulgar dentro dessa mesma rede. É mais fácil se inserir em um diálogo já existente que iniciar uma conversa do zero.”

 

Post de despedida da "prefs", um dos maiores casos recentes de sucesso em interação nas redes sociais. A fanpage encerrou suas atividades em junho do ano passado, deixando um legado para a construção de projetos em mídias sociais. Foto: divulgação.

Post de despedida da “prefs”, um dos maiores casos recentes de sucesso em interação nas redes sociais. A fanpage encerrou suas atividades em junho do ano passado, deixando um legado para a construção de projetos em mídias sociais. Foto: divulgação.

 

Muitos políticos possuem uma equipe capacitada para trabalhar especificamente nas redes sociais, que gere conteúdo exclusivo e de qualidade, e que monitore e responda seus eleitores. O diretor Álvaro diz que é muito importante manter a página ativa durante todos os períodos, ou seja, pré-eleição, durante a eleição e após a eleição, para que sejam mostrados projetos de campanha e promessas feitas.

O vereador de Novo Hamburgo, o Professor Issur Koch (PP) é um político que faz o uso constante das redes sociais. Ele acredita que é um canal que permite ter uma linguagem mais aberta e ampla com o público. “As pessoas usam a rede social como um veículo oficial”, diz o professor.

Ele considera um ferramenta muito útil, mas ao mesmo tempo entende que é preciso saber fazer o uso correto dela. “O eleitor e político estão aprendendo a lidar com a rede social de maneira correta”, afirma. E por isso ele tem se conectado cada vez mais com seus eleitores. Por ser músico e professor, Koch sempre esteve presente entre os jovens, e que mostrar um pouco mais como funciona a política. “Quero que os jovens comecem a entender os tipos de poderes que existe, para questionarem na hora do voto”, conclui.

Semanalmente, o vereador realiza um live no facebook, chamada ‘’Gabinete live’’, contando sobre o que ocorre a cada  sessão realizada  na câmara de Novo Hamburgo, comentando projetos realizados e esclarecendo dúvidas dos seguidores. Para o professor o que importa é a interação com o público e as diversas maneiras que pode se ajudar através da rede social.

 

Reprodução de uma das lives promovidas pelo vereador Ilson Kosch em seu facebook. As transmissões chegam a ter

Reprodução de uma das lives promovidas pelo vereador Issur Koch em seu facebook. As transmissões chegam a ter mais de mil visualizações. Foto: divulgação.

 

Apesar disso, muita gente ainda acha que tudo é uma questão de marketing político, e utilizam a rede social apenas durante a campanha eleitoral. O Deputado Maurício Dziedricki, deputado estadual pelo PTB, ainda segue ativo em suas  redes sociais, como o facebook e twitter. Recentemente, o ex-candidato à prefeitura de Porto Alegre iniciou um novo projeto chamado MDZ TV, onde realiza lives no facebook todas as segundas-feiras, debatendo assuntos de utilidade pública e se aproximando de seu público. Além disso, ele ainda disponibiliza um número de telefone em que é possível mandar mandar mensagens pelo whatsapp e fazer ligações.

Deputado estadual Maurício Dziedricki discursa em plenário da assembleia legislativa. Foto: arquivo pessoal.

Deputado estadual Maurício Dziedricki discursa em plenário da assembleia legislativa. Foto: arquivo pessoal.

Dessa forma, as redes sociais se apresentam como alternativas para manter uma relação entre os políticos e os seus eleitores, respondendo  suas propostas de campanha e a realidade atual. Christian Pacheco, responsável por administrar as páginas de Dziedricki, conclui:

As redes conseguem facilitar a comunicação entre os políticos e os seus eleitores. Cada vez menos precisamos dos canais de mídia tradicionais. Hoje é possível falar diretamente com o eleitor.

Reprodução do episódio dois da "MDZ TV", projeto audiovisual criado por Dziedricki para interagir com seu público. Foto: reprodução.

Reprodução do episódio dois da “MDZ TV”, projeto audiovisual criado por Dziedricki para interagir com seu público. Foto: reprodução.

Lida 574 vezes

Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Por favor resolva a equação * Time limit is exhausted. Please reload the CAPTCHA.