Política

Parobé e os 100 dias sem prefeito

No último dia 10, a cidade de Parobé completou 100 dias de litígio eleitoral

José Francisco Ribeiro Júnior, Liege Pereira Barcelos, Luísa Boéssio, Milena Riboli e Paola Guimarães

Em 1º de janeiro, enquanto 490 municípios do Rio Grande do Sul assistiam a seus respectivos prefeitos tomando posse, sete enfrentavam, ainda, um dilema: a rejeição da candidatura dos vencedores das votações pela Justiça Federal.

Ao total, o Rio Grande do Sul possui 497 municípios. Em Arvorezinha, Butiá, Gravataí, Parobé, Salto do Jacuí, São Vendelino e São Vicente do Sul, quem assumiu, de maneira prévia, foram os presidentes das câmaras de vereadores correspondentes de cada local.

No entanto, a atuação dos presidentes das câmaras de vereadores deveria ser breve, uma vez que os candidatos assumem de maneira interina. No entanto, não foi o que aconteceu com o município de Parobé, localizado a cerca de 70km da capital gaúcha.

Com uma população de mais de 55 mil habitantes, Parobé é um grande expoente do Vale do Paranhana, sendo o segundo maior município da região. Enquanto as demais cidades estavam com eleições marcadas para o último 12 de março, Parobé ainda não tinha uma definição para seu caso, uma vez que o Tribunal Superior Eleitoral (TSE) ainda não o havia analisado.

usar 2

Mapa de Parobé. (Foto: CPTEC/INPE)

Após mais de 100 dias sendo administrada de forma provisória pelo presidente da Câmara de Vereadores, a cidade ainda não definiu seu futuro, uma vez que processo movido contra o candidato eleito, Irton Feller (PMDB), por seu rival, Diego Picucha (PDT), ainda tramita na Justiça.

usar

Resultado das eleições 2016 (Foto: Site Eleições 2016)

A Beta Redação se deslocou até Parobé, no 100º dia em que a cidade estava sem prefeito, para conversar com Feller, Picucha, e também com Moacir Jagucheski (PPS), prefeito interino e presidente da Câmara de Vereadores da cidade, com o objetivo de dar voz a todos os lados desta equação e entender se os mesmos enxergam a situação como algo positivo ou não.

Confira no vídeo a seguir:

Lida 1287 vezes

Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Por favor resolva a equação * Time limit is exhausted. Please reload the CAPTCHA.