Esporte

O corpo minimamente saudável do século XXI

Saiba algumas dicas para realizar atividades físicas que cabem na rotina

Pequenas atividades ajudam a fugir do sedentarismo. Foto: CicloVivo/divulgação

Pequenas atividades ajudam a fugir do sedentarismo. Foto: CicloVivo/divulgação

Academia? Corrida? Exercícios físicos? Alimentação saudável? Está cada vez mais difícil adequar a rotina e os horários para conseguir trabalhar, estudar e estar em dia com nosso corpo e mente, tratando-os de forma saudável. De acordo com pesquisa realizada pelo Ministério do Esporte, quase 50% da população brasileira é sedentária, dado que deixa profissionais da saúde extremamente preocupados. O sedentarismo não vem sozinho: com ele, surgem as doenças cardiovasculares, aumento da pressão arterial, obesidade, problemas respiratórios e outras complicações.

Apenas 24% dos meninos e 15% das meninas estão praticando atividade física conforme o recomendado, segundo pesquisa realizada pela Organização Mundial da Saúde (OMS) em 34 países. Para a própria entidade, o ideal é a prática de 300 minutos de atividades físicas por semana, que equivalem a menos de uma hora de atividade diária. De acordo com essa pesquisa, isso se deve ao fato de que, hoje, a maior parte dos adolescentes troca rapidamente a socialização pessoal com amigos e os exercícios pelo uso de tecnologias, ocupando o tempo livre com redes sociais, jogos e vídeos na internet.

Alguns ainda se dão conta de que devem praticar algum esporte quando ingressam no ensino superior – é justamente quando isso ocorre que terão horários de trabalho bem menos flexíveis, e, por conta de toda a demanda de trabalhos, provas e seminários da faculdade, não lhes sobra o “tempo” necessário para que consigam conciliar os horários. A falta de tempo, muitas vezes, também acarreta a má alimentação. Os fast-foods, aliados de parte da população na hora da fome, são grandes inimigos da saúde. Além de não possuírem nutrientes, auxiliam no ganho de peso e aumento de níveis de sódio no sangue, colesterol, triglicerídeos e pode ser responsável inclusive pelo desenvolvimento de células cancerígenas.

Ainda existem pessoas que não tem o conhecimento que podem sair de uma vida sedentária com o mínimo de esforço.  Gustavo Starling Torres, médico pós-graduado em Medicina Esportiva, membro do Centro de Estudos de Fisiologia do Exercício e Treinamento (Cefit), e diretor da Comissão Médica do Jungle Fight Championship, dá algumas dicas para quem quer abandonar de vez a vida sedentária.

Torres explica o mínimo que é preciso fazer para não se tornar uma pessoa sedentária, de acordo com o Colégio Americano de Medicina do Esporte (ACSM). A recomendação para adultos é que seja feita a prática de atividades físicas aeróbicas pelo menos cinco vezes por semana, por no mínimo 30 minutos, que equivalem à 150 minutos por semana. Feito isso, Torres acrescenta algumas práticas do dia a dia que auxiliam na inclusão dos exercícios na rotina diária:

Apostar nas tarefas domésticas

Torres explica que os 30 minutos de atividade aeróbia moderada podem ser cumulativos durante o dia, desde que feitos em sessões de pelo menos 10 minutos. Por isso, tarefas domésticas com esta duração mínima (lavar roupa/louça, varrer a casa) podem servir para que se atinjam estes 30 minutos recomendados ou até mais.

Andar um pouco mais

Fora do ambiente domiciliar, a dica é estacionar o automóvel intencionalmente num local mais distante do trabalho. Com isso, naturalmente a pessoa anda mais sem grandes esforços.
Andar de bicicleta

Trocar o automóvel por uma bicicleta para ir ao trabalho ou para realizar ações como ir à padaria, a mercearias, à farmácia, de acordo com Torres, é uma excelente ideia.
Dançar

A dança é uma boa alternativa para quem deseja sair do sedentarismo, para Torres. Ela pode ser praticada em academias, em escolas de dança ou em casa.
Pular corda

É uma atividade que pode ser realizada em casa ou ao ar livre. É divertida e ainda queima boas calorias!
Subir e descer escadas

Subir escadas em casa é uma boa maneira de se exercitar sem ter que ir à academia. A dica é aderir ao hábito de subir e descer escadas sempre que possível: se você trabalha em um prédio com elevador, evite-o; quando for ao shopping, fuja das escadas rolantes.
Levar o cachorro para passear

Pelo menos por 30 minutos, é uma ótima maneira de sair do sedentarismo. Além de você estar fazendo muito bem a sua saúde, proporciona bem-estar ao seu animal de estimação

Com essas dicas importantíssimas, não tem como não querer fazer algo para melhorar a saúde. Torres ressalta ainda que a atividade física feita diariamente auxilia não somente no físico, mas também no psíquico e social do praticante. A ideia é não perder mais tempo e começar a prática de exercícios hoje!

Lida 855 vezes

Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Por favor resolva a equação * Time limit is exhausted. Please reload the CAPTCHA.