Geral

Mototáxi é mais uma opção de transporte em Porto Alegre

Primeiro ponto começou a funcionar no dia dois de maio

Existem muitas opções de transporte em Porto Alegre, como ônibus, táxi e Uber e Cabify. Mas, outro serviço começou a ser disponibilizado ao público da Capital no início de maio: o mototáxi.

O Sindicato dos Motociclistas Profissionais do Rio Grande do Sul (Sindimoto) entrou com um pedido de regularização do serviço na Empresa Pública de Transporte e Circulação (EPTC) em abril deste ano. Em 60 dias a EPTC deve decidir pela regularização ou não do serviço, que está operando enquanto o processo se desenrola na instituição. Para Valter Ferreira, presidente do Sindimoto, o serviço não deve demorar para ser regularizado: “Nós estamos trabalhando há mais de sete anos e agora estamos tratando com a EPTC para que tenhamos a regularização. Esperamos que isso se resolva dentro do prazo”, explica.

Mototaxistas / Foto: Mayara Costa/ Sindimoto

Mototaxistas.  Foto: Mayara Costa/ Sindimoto

Para Lisandra Pereira, 26 anos, assistente financeira, que usa o transporte há aproximadamente dois anos, o serviço é uma ótima opção também para melhorar o trânsito da cidade: “além de as viagens serem mais baratas e rápidas, causam menos tráfego”, diz.

A profissional Ana Paula de Moraes, 37 anos, trabalha há 15 anos com motofrete e desde o início desse ano começou a trabalhar com mototáxi, e enfatiza a questão da qualificação: “é importante ressaltar que existe a Lei Federal 12.009/2009 que nos regulamenta e que não é qualquer pessoa que tenha moto que pode prestar o serviço. Para ser profissional tem que ser qualificado, ter mais de 21 anos e dois anos de carteira de habilitação na categoria A. Nós lidamos com a vida de outra pessoa na garupa e tem que ter um treinamento para isso”, afirma.

Os profissionais que queiram trabalhar como mototaxistas devem ter o curso especializado, ministrado pelo DETRAN/RS através dos CFCs. A cobrança funciona com preço fechado, dentro dos bairros R$4 e para longas distâncias de R$0,80 a R$1 o km rodado.

O primeiro ponto de táxi da Capital funciona no bairro Jardim Botânico, rua Itaboraí, 1090, mesmo local da sede do Sindimoto. Fone: 3322-0909.

 

 

 

Lida 668 vezes

Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Por favor resolva a equação * Time limit is exhausted. Please reload the CAPTCHA.