Geral

Manifestantes em São Leopoldo reivindicam eleições diretas

Bancada do PT articula outra ato público para o final de semana

Na noite desta quinta-feira (18), cerca de 150 pessoas aderiram a uma manifestação no centro de São Leopoldo em resposta aos recentes acontecimentos políticos no país.

A movimentação iniciou na Câmara de Vereadores, ainda durante a sessão plenária, e seguiu até a Escola Estadual de Ensino Técnico Visconde de São Leopoldo, na Rua Independência.

Segundo a ex-deputada estadual e atual vereadora Ana Affonso (PT), essa ação aconteceu de forma espontânea. “A comunidade acolheu o chamado para ir para a rua. Tivemos uma ótima recepção, inclusive nos comércios que continuam abertos nesse horário”, afirma.

Outras manifestações devem ocorrer ao longo do final de semana. Ana informou que um ato mais volumoso está sendo organizado para o próximo sábado (20) e que deve ocupar a Rua Grande (Independência) em São Leopoldo. “Estamos convidando todos os partidos que contrariam essa situação do governo Temer para esse ato.” O PT e outras siglas convidadas se reuniriam na tarde de sexta-feira (19) a fim de articular a próxima manifestação.

 

 

Além de eleições diretas, a vereadora informou uma segunda pauta reivindicada pelo ato: a paralização dos projetos de Reforma (Trabalhista e Previdenciária) que tramitam atualmente no Congresso.

 

Lida 497 vezes

Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Por favor resolva a equação * Time limit is exhausted. Please reload the CAPTCHA.