Esporte

Grupo de mulheres se reúne para pedalar e conquistar espaço na cidade

Pedal das Gurias se organiza desde o início deste ano pelo Facebook

É mulher? Tem uma bicicleta pegando pó na garagem? Tem medo de pedalar sozinha no trânsito? Se a resposta for sim, você precisa conhecer o Pedal das Gurias, um grupo de mulheres que se reúne semanalmente para unir a vontade de ocupar um espaço no trânsito com a de praticar um esporte. O ponto de partida é na Rótula das Cuias, todas as quintas-feiras, às 20h.

Muito além de um esporte, pedalar virou um ato político, de inclusão social e responsabilidade com o meio ambiente. Conquistar espaço no mar de carros dos centros urbanos, driblar o preconceito e o machismo dentro desse ambiente, praticar um exercício físico e mental e criar autoconfiança são alguns dos objetivos dessas meninas.  No Pedal elas aprendem umas com as outras a lidar com os desafios da bicicleta. O movimento teve início em janeiro deste ano, quando um grupo de 12 mulheres se reuniu para pedalar. Desde então, outros encontros foram marcados, e o número de participantes aumenta cada vez mais. Atualmente o grupo do Facebook conta com mais de 1,3 mil mulheres.

Em março deste ano a bailarina Renata Stein decidiu comprar uma bicicleta. Ela já pedalava antes disso, e a bike funcionava como uma “meditação ativa” para ela. “Quando eu caminho, ando de ônibus ou carro eu penso demais, na bicicleta a minha mente se aquieta. É muito bom!”, conta. Mas Renata ainda queria inserir mais a bicicleta no seu cotidiano, como meio de locomoção. Foi então que conheceu o Pedal e começou a participar dos encontros e enfrentar o trânsito. Hoje ela usa a bicicleta para quase todos os deslocamentos que faz na cidade: “O Pedal das Gurias foi muito importante pra firmar a bicicleta no meu dia a dia como uma escolha muito consciente”.  Quando Renata comprou todos os equipamentos de segurança exigidos por lei repetiu para si mesma a frase: “Esse espaço no trânsito também é meu”. Isso acabou virando um mantra e a norteia e encoraja a continuar pedalando todos os dias.

Para a Empresa Pública de Transporte e Circulação (EPTC), as bicicletas nunca atrapalham o trânsito, pelo contrário, são uma ótima solução para muitos problemas de tráfego, além de contribuir para o planeta por serem um meio de locomoção totalmente limpo. Atualmente a Capital conta com 40 estações do Bike Poa, com 400 bicicletas. “Nos esforçamos para aumentar o número de ciclovias e garantir a segurança dos ciclistas”, declara Cláudio Furtado, da Assessoria de Comunicação da EPTC. Além disso, a empresa considera iniciativas como a do Pedal das Gurias importantes para conscientizar as pessoas dos benefícios que pedalar traz para cada indivíduo e para a sociedade, sempre ressaltando a importância do uso dos equipamentos de segurança exigidos por lei.

Lida 612 vezes

Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Por favor resolva a equação * Time limit is exhausted. Please reload the CAPTCHA.