Geral

Golpes e golpes…

Dia desses, o historiador e jornalista Juremir Machado falou sobre democracia no Brasil, em um evento organizado pelo Diretório Acadêmico de Psicologia da Unisinos. Disse que hoje “se pode falar” que “temos liberdade de nos expressar sem ser presos”, referindo-se aos anos de chumbo, onde a censura era premissa para comunicação e a violência era gratuita para aqueles que não andavam na linha na Ditadura.

Para Juremir, e para mim também, a democracia que vivemos no Brasil, mesmo que ainda jovem, apenas 30 anos ininterruptos, com suas falhas e fragilidades é muito melhor que um Estado totalitário. Mas a fetidez de golpe paira sob as cabeças dos brasileiros, novamente. O pedido de impeachment, levantado por alguns políticos e parte da população, desestabiliza, não só um governo, que já tenta se equilibrar na “corda bamba” econômica, mas uma democracia que ainda engatinha.

O jornalista apostou na oportunidade de mudança pela urna, ou seja, se você não está satisfeito, espere e vote. Ele disse isso, não com um tom de conformismo frente ao que precisa ser mudado, mas com voz de quem diz “chega pra lá”, a essa atmosfera golpista. Entendi e concordei com Juremir.

Mas aí, recentemente,  estudantes da rede pública estadual de São Paulo ocuparam mais de 100 escolas em protestos a medidas do governo Alckmin (PSDB) de reorganização escolar. Essa ação, ou extermínio na educação, prevê a divisão de unidades, transferência de alunos e o fechamento de 93 escolas, afetando diretamente 311 mil alunos e 74 mil professores. Algumas ocupações tiveram represália do Estado, com violência policial. Lembram os ataques na ditadura.

Não sei se para Juremir isso é visto como golpe. Para mim, talvez. E se a estudantada esperasse as eleições?!

protesto-escola-sp_renato_mendes_estadao_conteudo-2

Escola ocupada em SP./ Foto: Renato Mendes

Em tempo: acompanhe as notícias sobre as ocupações em São Paulo.

Lida 704 vezes

Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Por favor resolva a equação * Time limit is exhausted. Please reload the CAPTCHA.