Cultura

Feira do Livro de Niterói, em Canoas, promove a leitura entre jovens do bairro

Feira do Livro tem como lema "ler é semear no futuro a prosperidade"

Foto: Paula Vinhas/ Prefeitura Municipal de Canoas

Foto: Paula Vinhas/ Prefeitura Municipal de Canoas

A Feira do Livro de Niterói, em Canoas, chega a sua 4ª edição. Com início na última terça-feira, 4, na Praça da Mocinha, o evento tem como objetivo promover a leitura e escrita através de projetos e atividades com estudantes de todos os níveis da região. Inclusive, o tema do evento é “Ler é semear no futuro a prosperidade”.

Ronaldo Botelho, da Secretaria Municipal de Canoas, afirma que a Feira do Livro de Niterói pode contribuir muito para o bairro, em especial aos jovens. Um dos projetos desenvolvidos pelos estudantes de escolas do bairro é o Talentos Literários Estudantis: “Ele consiste na criação de redações, poesias e desenhos sobre o tema Jogos Olímpicos no Rio de Janeiro”, revela. Os trabalhos produzidos pelos estudantes compõem o livro da 14ª Feira, vendido no local.

Além dos estandes com vendas de livros, também há diversas atividades gratuitas de dança, música e mediações de leitura. Todas elas envolvem a participação de alunos das escolas da região. Além disso, é possível conferir as exposições fotográficas “Copa da Várzea”, de Bruno S. Alencastro, e “Exposição Fotográfica Histórica de Canoas”, do escritor e fotógrafo  Demétrio Leite.

Foto: Paula Vinhas/ Prefeitura Municipal de Canoas

Foto: Paula Vinhas/ Prefeitura Municipal de Canoas

Desde a inauguração da Feira, já visitaram o local cerca de 2400 pessoas, entre elas estudantes e moradores do bairro. Lorena Silva de Lima mora em Niterói há mais de 50 anos e visitou o evento no primeiro dia: “Vou à feira sempre que posso, acho muito bacanas as atividades culturais propostas pela Prefeitura. Inclusive, levei meu sobrinho, que está no 5° ano, para comprar um livro para ele”, conta.

As crianças também aproveitam a feira para conhecer mais sobre a literatura: “Eu adoro comprar livros. Minha mãe sempre me dá quando a gente vai porque ela diz que é muito importante para o meu futuro. Eu queria escrever um livro também”, relata Gustavo Alencar, de 9 anos. Já Matheus Silva, de 12 anos, afirma não gostar muito de ler, mas participa das atividades culturais: “Gosto de ir com os meus amigos e assistir às apresentações de dança e música. Tem vários shows e gente dançando”, diz.

Quem visita a Feira, que fica aberta entre os dias 4 e 8 de outubro, das 8h às 18h, pode realizar empréstimos de livros de forma gratuita através do caminhão da Unidade Móvel do BiblioSesc. Já as vendas, desde o início da feira, vêm atingindo uma média diária de 350 obras.

feira2

Foto: Paula Vinhas/ Prefeitura Municipal de Canoas

A Feira do Livro de Niterói integra o Circuito de Feiras do Livro, que almeja descentralizar o acesso à literatura: “A nossa feira contribui muito para a comunidade, uma vez que as parcerias com o poder público e empresas desenvolvem ações educacionais e culturais no bairro”, finaliza Ronaldo.

Foto: Paula Vinhas/ Prefeitura Municipal de Canoas

Foto: Paula Vinhas/ Prefeitura Municipal de Canoas

Lida 734 vezes

Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Por favor resolva a equação * Time limit is exhausted. Please reload the CAPTCHA.