Política

OPINIÃO: No Brasil, extintor já causa incêndio

Sou da geração de 90, cresci vendo o Brasil em desenvolvimento. Quando cheguei ao mercado de trabalho a nação ia de vento em popa,  crescendo como Nunca Antes na História Desse País. Admito que por essas e outras nunca tinha sentido tanto o tal complexo de vira-lata. Aquele velho conhecido, que há algumas décadas é citado quando as coisas ruins parecem bem maiores do que as boas.

Não costumava dar ouvidos às pessoas que diziam “No Brasil nada funciona”, ou o clássico “Políticos só roubam”, ou aquela “Essa lei não serve para nada”.

O fato é que hoje, em  meio a um cenário onde a palavra crise já está mais gasta que chinelo de dedo, me deparo com a notícia de que o extintor de incêndio vai deixar de ser obrigatório para carros. Poderia ser um fato despercebido, mas enquanto o Contran (Conselho Nacional de Trânsito) se reunia para tratar do tema, alguém precisava comprar parcelado o tal extintor, porque acreditava na lei. Enquanto o Contran tornava o extintor item dispensável dos carros, alguma janela de carro era estourada pelo país, para que a peça “obrigatória” furtada fosse posteriormente comercializada no mercado negro brasileiro – onde, aliás, nessas horas já não vale mais nada.

Senti uma descrença. Como crer em leis ou normas quando, de uma hora para outra (literalmente), deixam de existir? Como crer em regras que acabam  prejudicando a população de uma maneira geral?

Está escrito no Código de Trânsito Brasileiro (CTB)

Art. 12. Compete ao CONTRAN:

I – estabelecer as normas regulamentares referidas neste Código e as diretrizes da Política Nacional de Trânsito

O que é política? A arte ou ciência da organização. E onde está a organização nessa história?

Como um conselho que representa o povo de um país se dá ao direito de impor regras e de uma hora para outra acabar com elas? Como assim? Por mais técnica que tenha sido a decisão do Contran, ela remete a população a uma total descrença no Estado brasileiro e, por consequência, em nossa política.

O extintor brasileiro parece ter conseguido algo inédito: causar um incêndio de descrença na população sobre certas leis deste país.

 

 

 

 

 

Lida 688 vezes

Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Por favor resolva a equação * Time limit is exhausted. Please reload the CAPTCHA.