Esporte

Escolinha de Ginástica Artística em Sapiranga realiza mais um festival mostrando o talentos dos jovens atletas

Com mais de 10 anos de existência, projeto gratuito trabalha além do esporte a autoconfiança dos alunos

Saltos, piruetas e confiança, esses são três dos assuntos aprendidos com o projeto Escolinha de Ginástica Artística de Sapiranga, cidade que fica a 60 quilômetros de Porto Alegre e que, na noite da última quinta-feira, 15 de setembro, recebeu centenas de pessoas em mais uma edição do seu Festival de Ginástica Artística. Mas não somente na arquibancada do Ginásio Nenezão, local do evento, é que o número atingiu os três dígitos. Participando das apresentações, aproximadamente 350 ginastas de 4 a 18 anos mostraram seu potencial dos jovens para a comunidade.

Fonte: Arquivo pessoal Professora Carla Matzembacher

Alunos treinam gratuitamente no projeto que é mantido pela Secretaria Municipal de Educação de Sapiranga. (Foto: Arquivo pessoal Professora Carla Matzembacher)

Antes das acrobacias começarem. As homenagens foram um espetáculo a parte. Neste ano, uma veterana no esporte e um principiante da terceira idade foi os homenageados. Pela trajetória na Ginástica Artística, a atleta da década de 1950 e 1960, que representava o Clube 19 de Julho,  Érica Santos, de 84 anos, simbolizou a história desse esporte e a inspiração para os atletas. Ela foi acompanhada por outro veterano, mas que há pouco se tornou atleta: o velocista Antônio Reis, de 73 anos, que é maratonista plus, conquistando quase 30 títulos em maratonas só em 2012, e que carregou a tocha olímpica na cidade de Encantado, no mês de julho.

 

Além de saltos e piruetas, a auto confiança

Os jovens ginastas são conduzidos pelas professoras de Educação Física Carla Matzembacher, Mônica Fão e Catiúcia Greff, e todos fazem parte da Escolinha de Ginástica Artística da Secretaria Municipal de Educação de Sapiranga. Mas nem só os pulos são aprendidos nessas aulas, como explica a professora Carla. “Aqui temos um trabalho de desenvolvimento da força, da parte psicomotora e equilíbrio da criança, além de outros fatores pessoais como a coragem, o respeito e o companheirismo, que são desenvolvidos por meio desse projeto. São várias coisas agregadas durante a aula”, contou a educadora.

ginastica8Entre esses fatores, a autoconfiança é um dos principais, como também destacou Carla. “Por mim passam desde crianças magrinhas, até as que estão um pouco acima do peso, e que muitas vezes duvidam da própria capacidade de fazer os exercícios em função de sua forma física. Fazemos um trabalho de desenvolvimento da auto estima e confiança dessas crianças, para que ela veja sua capacidade e supere esse desafio. O mesmo acontece com os meninos. Muitos pais vêem a ginástica como uma modalidade feminina, porém, ao contrário disso, recebemos muitos meninos, e que são também grandes atletas”, explicou.

Uma década de História

O projeto Escolinha de Ginástica Artística teve início em Sapiranga no ano de 2005, e desde então vem recebendo cada vez mais alunos. A professora Carla Matzembacher conta que, depois da Olimpíada de 2004, o sucesso da pequena ginasta Daiane dos Santos foi um dos maiores contribuintes para a adesão das famílias ao projeto. O grupo de alunos já representou a cidade de Sapiranga em vários municípios, em eventos e competições, e impressiona pela habilidade de seus participantes, que, muitas vezes, permanecem no projeto durante todo o Ensino Fundamental.

ginastica1

Em um momento de descontração durante os treinos. (Foto: Arquivo pessoal da Professora Carla Matzembacher)

O projeto ocorre de forma gratuita e recebe alunos das redes municipal, estadual e particular, de forma gratuita, e hoje conta com quase 400 alunos, com idades de 4 a 18 anos. Quem quiser participar pode entrar em contato para o agendamento e inscrição nas aulas pelo telefone 51-3959-1034.

Lida 772 vezes

Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Por favor resolva a equação * Time limit is exhausted. Please reload the CAPTCHA.