Economia

Dólar alto abre portas para crescimento

Para quem recebe pelo valor da moeda americana, a alta do dólar é vista como oportunidade de crescimento pessoal e profissional

Foto: Stockvault

Foto:  Stockvault

O valor do dólar comercial chegou à faixa de R$ 3,81 na segunda-feira (14), o que representa uma queda de 1,52% frente ao real. Mesmo com a baixa, o valor ainda é considerado alto pelo governo federal, que anunciou na tarde de hoje um novo pacote de medidas, que preveem o corte de gastos obrigatórios e discricionários e o aumento de alguns impostos e devem somar um esforço fiscal de R$ 64,9 bilhões.

No entanto, a alta do dólar é vista com bons olhos por quem recebe seus proventos pela tabela norte americana. A estudante de jornalismo Naiady Souza, de 21 anos, criadora e administradora do blog Maquilagem, que possui ainda um canal no YouTube com o mesmo nome, enxergou na internet uma possibilidade de transmitir conhecimento, se divertir e ainda fazer disso uma fonte de renda. “O blog surgiu depois que eu comecei a fazer maquiagens nas cidades. Minhas amigas começaram a pedir dicas e truques de make. Então criei o blog pois era uma forma rápida e fácil de passar essas dicas”, conta a blogueira.

Com foco em assuntos do universo feminino, com dicas de beleza, maquiagem, moda e afins, o blog de Naiady recebe, diariamente, cerca de 350 acessos. Já o canal possui uma média de 2 mil visualizações diárias e conta com mais de 8 mil inscritos. A jovem conta ainda que, atualmente, trabalha apenas com o blog e que ele se tornou uma empresa, com cronograma de postagem e foco total nos assuntos que mais atraem a atenção do seu público.

Tendo em vista o crescimento do negócio, a blogueira já está pensando no futuro. “Inclusive, a ideia do blog é mais pra frente contratar um estagiário para me ajudar”, finaliza.

A oportunidade de fazer da internet uma ferramenta de negócio é grande. De acordo com informações cedidas pelo Google, não há garantias no contrato de parceiro do YouTube sobre o quanto será pago ou se você receberá algo. Os ganhos são gerados com base em uma participação da receita de publicidade gerada quando as pessoas veem seu vídeo. Portanto, quanto mais visualizações, mais receita. No entanto, há pessoas que faturam cerca de R$ 1.200,00 por mês com 62.000 visualizações mensais – uma média de 2 mil acessos diários.

Para se tornar parceiro do YouTube e ganhar dinheiro com isso, o usuário precisa associar sua conta no site com uma conta do Google Adsense – serviço gratuito e simples com o qual os editores de websites de todos os tamanhos podem ganhar dinheiro exibindo anúncios do Google segmentados. Dessa forma, ao atingir um limite de pagamento local, não havendo retenções em sua conta, se a monetização não estiver suspensa para seu canal e se você estiver em conformidade com as políticas do Google, poderá receber sua quantia conforme as informações anteriores.

Mais informações sobre pagamentos específicos, consulta de pagamento local e demais dúvidas, acesse a central de ajuda do Adsense através do site: www.support.google.com.

Lida 1001 vezes

Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Por favor resolva a equação * Time limit is exhausted. Please reload the CAPTCHA.