Esporte

Da ideia de quatro amigos a um pentacampeonato

Time de vôlei canoense cresce a cada ano e se destaca no campeonato Gaúcho

Foto: Thaís Ramirez/Beta Redação

Foto: Thaís Ramirez/Beta Redação

A vontade de disputar a Superliga B de vôlei impulsionou o nascimento de um time criado pelos ex-jogadores de vôlei Roberto Minuzzi e Jeferson Hort, que na época treinavam na Sociedade de Ginástica de Porto Alegre (Sogipa). Em 2011, juntamente com seus amigos Fabio Senna e Almir Beltrame, foi criado a equipe de Vôlei Canoas. Logo na primeira grande disputa o grupo venceu a Superliga B, e com a vitória avançaram para a Superliga A, estando desde então nessa posição. Mas nos primeiros anos houveram dificuldades, com poucos recursos o clube só contava com os patrocínios da Prefeitura da Cidade e do Unilasalle.

A instituição sempre cedeu espaço para os treinamentos e jogos. Todos os jogadores recebem um auxílio de uma bolsa de estudos na própria universidade. O atleta do time, Lucas Graciolli, o Pallotti, concilia os jogos com o curso de Direito. “Ao longo desses anos consegui, junto com a parceria do Unilasalle, realizar minhas metas individuais e levar o esporte e a educação no mesmo nível de importância”, comenta.

Atualmente, a mantenedora da equipe é a Associação de Pais e Amigos do Voleibol, tendo como diretores o ex-jogador da equipe e campeão brasileiro olímpico Gustavo Endres, que cuida da parte da relação com os atletas e intermediação com a Confederação Brasileira de Voleibol, a CBV, Almir Beltrame, diretor de relações institucionais  e Leonardo Senna, responsável pelo financeiro e marketing. Beltrame conta que os custos das viagens são pagos pela CBV, e todo o material utilizado como quadra, vestiários, academias, bolas e redes, é fornecido pelo Unilasalle. “Hoje em dia contamos com mais patrocinadores do que no passado. A Gedore e a Lebes, também nos auxiliam em nossas metas”, conta.

Dentre as conquistas, o time se orgulha do pentacampeão Gaúcho, conquistado de forma consecutiva desde o ano de 2012. Todo ano levantando uma taça, as cobranças dentro do elenco começam a circular, como conta Pallotti, que está na equipe desde 2012. “Sabemos que uma temporada de vitórias poderá certamente trazer valorização individual, coletiva e principalmente ao clube”, confessa. Ao longo das pré-temporadas, o grupo realiza reuniões com profissionais preparados na área e com a gestão e comissão técnica. As temporadas duram de maio a outubro, e durante o período os jogadores treinam de segunda a sexta, comandados atualmente pelo técnico Marcelo Fronckowiak.

 

Lida 657 vezes

Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Por favor resolva a equação * Time limit is exhausted. Please reload the CAPTCHA.