Cultura

Curta Sesc abre espaço para filmes independentes

Projeto, com entrada gratuita, oportuniza a difusão de filmes de curta-metragem, com exibições e debates

No dia 27 de maio, o Teatro Sesc Canoas abre suas portas para o projeto realizado em parceria com a produtora Chama Vídeo Independente. O evento Curta Sesc terá início às 20h, com entrada é franca, e tem como objetivo incentivar cineastas independentes e difundir filmes de curtas-metragens produzidos no circuito de cinema nacional. A programação conta com a exibição de quatro títulos e debates, proporcionando a troca de experiências entre produtores da área audiovisual.

Dentre os curtas que serão exibidos estão: O Caçador, dirigido por Rafael Duarte e Taisa Marques, que conta a história de um jovem caçador enfrentando a si mesmo ao defender as fronteiras de seu território; O Matador de Bagé, uma produção do Curso de Realização Audiovisual da Unisinos (CRAV), conta a história de Assis, um matador profissional que, após 15 anos de reinado em Porto Alegre, perde seu posto de número um para alguém novo na cidade; Conte até 10, de Vigor Mortis, tem como trama o problema de cegueira temporária de uma atriz e uma diretora que se encontram em um teatro assombrado por espírito maligno; e Entre por favor – de Renato Chama, idealizador do evento e diretor da Chama Vídeo Independente – trata da transformação de um simples dia de trabalho em um pesadelo sem fim.

 

 

Para Renato, a realização de mostras de cineastas independentes é fundamental para o desenvolvimento do mercado.

“São pouquíssimos eventos nesse formato que acontecem, oferecendo espaço para produtores independentes mostrarem seu trabalho. E nós esperamos que ele seja um divisor de águas para a cidade, que incentive e traga novos ares para a cultura e também para as produções audiovisuais independentes”, projeta.

Em seu portal, a Agência Nacional do Cinema (Ancine) menciona que o cinema e o audiovisual constituem um setor estratégico para o país, que visa a afirmação da identidade brasileira através de produtos genuinamente nacionais. E que também traça objetivos econômicos, fomentando a indústria geradora de empregos por meio da expansão da oferta e da demanda por conteúdos plurais e diversificados.

Embora a Ancine, apoiadora nas leis de incentivo aos cineastas independentes, lute pelo crescimento da produção de vídeo nacional, os pequenos e médios produtores de conteúdo ainda enfrentam obstáculos.

“As dificuldades de produzir cinema independente no Brasil são extremas. É necessário encontrar soluções viáveis e práticas para fazer acontecer os nossos objetivos. É um serviço de muita dedicação, muita paixão”, diz Renato quando questionado sobre os desafios da produção independente no país.

De acordo com a Lei do Audiovisual, contribuintes, pessoas físicas e jurídicas, recebem abatimento ou isenção de determinados tributos direcionando recursos por meio de patrocínio, coprodução ou investimentos em projeto audiovisuais aprovados pela Ancine. Mas, na prática, os incentivos acabam direcionados apenas aos grandes produtores.

Apesar de trabalhar com audiovisual, na produção de clipes musicais e gravações de shows, Renato diz que o cinema não se trata de uma fonte de renda para ele, que precisa desenvolver outras atividades para sustentar a paixão.

“Eu não ganho dinheiro com cinema. Mas cinema é o alimento da alma, então eu tento produzir pelo menos um filme por ano. Com a ajuda de amigos, de parceiros e de outros estúdios que acreditam nas ideias”, explica o produtor, que demonstra orgulho dos resultados obtidos através do esforço coletivo.  

Arte Sesc

O Serviço Social do Comércio de Canoas(Sesc) promove sistematicamente eventos com o intuito de incentivar a cultura em seu teatro. No espaço são divulgados trabalhos artísticos de todas as áreas, contemplando a comunidade com manifestações na música, teatro, literatura e cinema.

Segundo o gerente do Sesc Canoas, Cleberli Fabiano Costa Arruda, através do projeto Arte Sesc – Cultura por toda parte, a instituição tem o objetivo de levar cultura para a população e disponibilizar espaço para o desenvolvimento e divulgação do trabalho de artistas, ampliando o acesso à cultura para os moradores de Canoas e da região metropolitana e auxiliando o crescimento do cenário artístico.

O projeto Arte Sesc é desenvolvido desde 2007 pelo Sistema Fecomércio-RS e oferece atividades para todas as idades. Somente no mês de maio, são mais de 10 atrações programadas. Também estão agendados saraus poéticos, apresentações musicais, exibições de cinema e espetáculos teatrais. Todas as atividades ocorrem no Teatro Sesc Canoas, localizado na Av. Guilherme Schell, 5340, no Centro. Confira alguns dos destaques da programação:

 13/5 – 20h: Cultura Underground #6

16/5 – 9h às 16h: OficinArte – Oficina Artística Descentralizada

17/5 – 20h: Espetáculo teatral Brincos e Folias

21/5 – 16h: Show musical Marina em Canto

25/5 – 15h: Cafezinho Poético

26/5 – 20h: Espetáculo teatral Os Mequetrefe

27/05 – 20h: Curta Sesc

28/5 – 16h: Espetáculo teatral O Maravilhoso Mágico de Oz

Lida 332 vezes

Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Por favor resolva a equação * Time limit is exhausted. Please reload the CAPTCHA.