Cultura

“Cássia Eller é sinônimo de amor à arte e dedicação”

O sentimento de contar a trajetória da cantora em forma de musical nas palavras do idealizador Gustavo Nunes

Luciano Del Sent e Tainá Rios

O encanto pela voz rouca e a interpretação única da música “Por Enquanto” despertou em Gustavo Nunes uma paixão pela obra de Cássia Eller. Tudo isso aconteceu durante a faculdade, em Porto Alegre, quando cursava direito na Universidade Federal do Rio Grande do Sul (UFRGS). Muito tempo se passou, Gustavo mudou de profissão, ganhou maturidade na produção de espetáculos e decidiu, sem pensar muito, em dedicar um musical inteiro à carreira da artista.

Em entrevista exclusiva à Beta Redação, o idealizador, produtor e realizador de Cássia Eller, O Musical fala sobre a iniciativa de compartilhar a admiração pela obra e detalha os processos de produção do musical em homenagem à intérprete.

Gustavo Nunes - Cássia Eller

Foto: Acervo pessoal

Beta Redação: Por que dedicar um musical inteiro à trajetória da cantora? 

Gustavo Nunes: Cássia é uma das maiores intérpretes de nossa história. Sempre muito tímida fora do palco, mas com atitudes muito corajosas e de amor à arte.  Ela sempre foi autêntica e fiel à sua natureza. Foi uma grande precursora em termos de defesa de direitos inerentes ao ser humano.


Beta Redação: 
Qual a sensação de homenagear ela?

Gustavo: Ao levar este musical aos palcos e ver a imensa aceitação que ele tem, em todos os cantos do país, sinto que conseguimos realmente homenageá-la. E, fazendo isso, estamos também valorizando a cultura nacional, a brasilidade. Somos um país muito rico, mas ainda não valorizamos nossa arte da forma como deveríamos. Com este musical, sinto que estamos dando um passo adiante, neste sentido.


Beta Redação: Vocês t
iveram contato com pessoas próximas a ela para a criação do musical?

Gustavo: Sim, conhecemos a Maria Eugênia, que foi a companheira de Cássia e Chicão, seu filho. Além disso, Fernando Nunes e Lanlan, que foram integrantes da banda dela, e assinam a direção musical do espetáculo. Todos foram extremamente fundamentais para a criação do musical. Tivemos acesso a informações muito íntimas, do convívio da banda, das turnês, dos hábitos, do jeito de ser da Cássia. Foi muito rico o processo de criação desse musical. Um verdadeiro “mergulho” na história dela.


Beta Redação: 
A peça consegue percorrer toda a carreira da Cássia ou achas que, futuramente, haverá a possibilidade de adicionar novas informações? 

Gustavo: Da forma como foi feito, está excelente. Não temos a pretensão de fazer um panorama completo de sua vida, nem poderíamos. Os trechos que sua vida que são encenados no palco são muito marcantes. E mostram uma Cássia Eller cheia de energia. O musical é essencialmente solar, alegre. Todos nós, que criamos o musical, nos damos por satisfeitos com a forma como ele foi feito. O público tem nos acompanhado nesta percepção.


Beta Redação:
O que o público pode esperar do espetáculo? 

Gustavo: Pode esperar um espetáculo repleto de canções marcantes (são 39), que mostra alguns dos principais momentos da vida de Cássia Eller. Um musical cheio de emoção e humor, com elenco e banda extremamente talentosos. Um programa para encher o coração de boas emoções. E, por fim, ele faz o público ter a sensação de estar mais próximo desta grande personalidade que o Brasil perdeu muito precocemente, que foi a Cássia Eller.


Beta Redação: 
Se você tivesse a oportunidade de falar frente a frente com a Cássia Eller, o que diria a ela? 

Gustavo: Obrigado por ter existido!

Lida 560 vezes

Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Por favor resolva a equação * Time limit is exhausted. Please reload the CAPTCHA.