Cultura

“Cantar com ela seria uma realização incrível”

A Cássia Eller dos palcos, Tacy Campos, revela impressões e dificuldades de interpretar a cantora

Luciano Del Sent e Tainá Rios

De ídola a madrinha. É assim que Tacy Campos, atriz que dá vida à Cássia Eller nos palcos, descreve sua personagem. A semelhança na voz e no jeito de cantar impressionou os realizadores do musical e vem encantando os espectadores pelo Brasil.

A curitibana afirma que a sobrecarga vocal para cantar igual a homenageada era muito pesada. Mas com a ajuda de amigos e músicos da banda, conseguiu alcançar a notas do repertório musical. Apesar dos exaustivos ensaios, a garota tímida, revela que aprendeu muito com a história de Cássia Eller e acredita, que a cantora, foi muito importante para o cenário musical brasileiro.

Tacy Camps conversou com a Beta Redação sobre a preparação para subir aos palcos e homenagear Cássia Eller. A atriz, admiradora do trabalho da cantora, comenta a parceria entre os integrantes do musical e a vontade de cantar com a cantora.

Tacy Campos nos palcos. Foto: Marcos Hermes/Divulgação

Tacy Campos nos palcos. Foto: Marcos Hermes/Divulgação

 

Beta Redação: Sobre a criação da personagem, teve contato com pessoas próximas a ela, assistiu a documentários? Como foi o processo?

Tacy Campos: A princípio, tivemos contato com Fernando Nunes e Lan Lanh, nossos diretores musicais, músicos e que foram amigos de Cássia Eller. Eles nos passaram várias informações sobre a cantora e, aos poucos, foram nos ensinando a mesma onda de família que eles tinham na época que tocaram com ela. Depois, ao longo da jornada da peça, fomos conhecendo amigos, familiares e outros músicos que tiveram alguma ligação com a Cássia. Tudo foi importante, não só pra mim, mas pra todo o elenco.


Beta Redação: Há críticos que afirmam das semelhanças entre você e a Cássia. Concorda ou acredita que seja devido ao preparo artístico?

Tacy: A magia do teatro causa isso. Claro que há pontos em comum, mas se não ressaltá-los, passam despercebidos. O teatro faz o contrário, com a intenção de fazer todos acreditarem que estão vendo a Cássia. Essa é a nossa função, criar essa ilusão através da homenagem.  Sou bem diferente, inclusive fisicamente!


Beta Redação: Como é a construção em grupo do musical, o relacionamento entre os personagens dentro e fora de cena?

Tacy: Somos muito amigos. Tudo mundo se liga, se encontra, toca e canta junto em outros projetos. Estamos sempre próximos ou por perto. E isso reflete no palco, no momento da atuação. É tudo muito verdadeiro.

 

Beta Redação: Tem algum momento que te emociona mais no musical? Poderia contar um pouco sobre?

Tacy: Em geral, eu não me emociono ou choro porque estou muito concentrada. Eu choro nos agradecimentos, na despedida de alguém que a gente homenageava, mas durante a peça eu só me divirto!

 

Beta Redação: Se você tivesse a oportunidade de falar frente a frente com a Cássia Eller, o que diria a ela?

Tacy: Muitas coisas. Queria mesmo era fazer um som com ela. Isso sim seria uma realização incrível.

Lida 636 vezes

Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Por favor resolva a equação * Time limit is exhausted. Please reload the CAPTCHA.