Geral

Alerta para a Páscoa: cacau pode prejudicar a saúde do seu pet canino

Mercado oferece produtos próprios para os cachorros, liberados pelos veterinários

Flickr / Creative Commons

Flickr / Creative Commons

Algumas pessoas que têm cachorro em casa costumam dar aos seus animais comidas diferentes das rações vendidas nos supermercados e lojas especializadas. Contudo, nem todas as comidas que o ser humano consome são adequadas para o pet. Com a chegada da Páscoa, o chocolate é o principal doce da casa e ele pode atrair os olhares e o apetite do cão. No entanto, este é um dos alimentos mais prejudiciais para o melhor amigo do homem. Isso porque o cacau possui um componente tóxico que prejudica a saúde dos cachorros e, portanto, seu consumo não é indicado para eles.

Segundo a veterinária Lusiane Petry, o chocolate é extremamente danoso à saúde do bichinho. “Se o chocolate for dado para o animal na quantidade ‘x’ e ele for um cachorro de pequeno porte, ele correrá grandes riscos de passar mal. Mas, se essa mesma quantidade for dada para um cão de grande porte, os riscos são menores”, esclarece. A profissional conta, ainda, sobre um caso que atendeu nessas condições. “Teve uma vez em que os donos de um Yorkshire chegaram ao meu consultório referindo que o animal havia comido uma caixa de chocolates. Eles, preocupados, trouxeram o pet logo aqui, mas, por sorte, o cão não teve nenhuma reação”, afirma.

Porém, nem sempre contar com a sorte é uma boa escolha. A veterinária explica que o chocolate amargo é o mais prejudicial ao cachorro – a quantidade de 28,35g possui de 44mg a 58mg de teobromina e 6mg de cafeína, substâncias nocivas aos animais. Já o ao leite é menos danoso, possuindo 393mg de teobromina e de 35 a 47 mg de cafeína. O branco também pode causar efeitos indesejados. Os sintomas, de acordo com Lusiane, começam de seis a 12 horas depois da ingestão do alimento e podem variar de vômito a insuficiência pancreática.

É preciso ficar atento

Kimberly Bittencourt estava no aniversário de nove anos do irmão, Larry, e depois da comemoração decidiu dar as sobras de bolo para o seu cachorro, Spike. “Tinha bastante comida nos pratos e eu não quis jogar fora. Daí, dei pra ele. Ele comeu o bolo de bocada. Além disso, também comeu o resto de negrinho e branquinho”, recorda. “Eu fiquei tranquila, porque ele tinha gostado. Mas, depois de umas duas horas, comecei a ouvir uns barulhos estranhos de vômito vindo da casinha dele. Quando cheguei lá, ele esta vomitando muito”, lembra.

Mayara Fava também sempre tinha o costume de dar um pouquinho de tudo que comia para a cachorrinha Melane. Contudo, houve um dia em que a cadela roubou uma barra de chocolate e acabou ingerindo duas fileiras do doce. “Depois de uns dias, ela começou a ficar para baixo, não queria mais ração e vomitava tudo”, relata.

Cuidados

Lusiane ainda ressalta que é importante evitar alimentos ácidos e, dependendo da quantidade, a cebola, o alho e a uva-passa podem causar problemas, como anemia, no pet.

Outro aspecto que a veterinária considera importante destacar é o fato de que alguns donos medicam seus cachorros com remédios próprios para seres humanos. “Às vezes, chega um animal com a pata quebrada e o seu dono deu um medicamento de uso adulto. Daí, na hora do tratamento, o fato de ele ter sido medicado de forma errada é a nossa prioridade, mais do que a própria pata quebrada. Fazemos isso porque esse tipo de situação é muito inapropriada e muita séria para a saúde do animal, podendo levá-lo até à internação”, exemplifica.

Saiba como adoçar seu cachorro

Sem cacau, sem açúcar, sem teobromina (componente tóxico que gera danos ao animal), geralmente feitos de farinha, corantes e aromatizantes, são extremamente parecidos com chocolate, mas são apenas petiscos “camuflados”. Para matar a vontade do bichinho de comer doces, o mercado pet oferece biscoitos, bombons, ossos, ovos de páscoa e muffins de variadas marcas, com valores que vão de R$ 1,99 a R$ 150. Dentre as marcas, a que mais se destaca é a VipDog, especialmente pela diversidade de opções e tamanhos, fazendo com que o preço varie de acordo com a fome de seu amigo de quatro patas.

chocolate cachorro

Lida 588 vezes

Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Por favor resolva a equação * Time limit is exhausted. Please reload the CAPTCHA.