Economia

Branded Content: Marketing disfarçado de conteúdo

Branded Content é um dos segredos para formar e melhorar a imagem de uma empresa diante dos clientes

sem-titulo-1

 

Diante da atual diversidade dos meios de acesso à informação, construir a imagem de uma marca é tão importante quanto o produto que ela vende. É hora de investir em marketing de conteúdo de qualidade para não somente atingir o público, mas conquistá-lo de fato.  A máxima “Propaganda é alma do negócio” passa a dar lugar para outras estratégias de formação de perfil e divulgação de uma empresa.  Para conquistar visibilidade no universo da internet, o Branded Content apresenta-se como fator que impulsiona as instituições.

 

Por dentro do Branded Content

O Branded Content nada mais é do que o conteúdo criado para empresas que podem ser publicados em diversos meios como redes sociais e portais institucionais. Para Gisele Santos, coordenadora de redes sociais na Agência Escape, os conteúdos devem interessar ao público sem necessariamente vender produtos ou aparentar uma comunicação forçada.

 

Ela afirma que, ao mesmo tempo que informa, o conteúdo mostra os valores da marca, seus interesses e a cultura da empresa. “A ideia é que a marca torne-se um “amigo” do cliente e se relacione com ele dessa forma”, pontua. Nesse caso, Gisele destaca que no ambiente das redes sociais é  importante para o processo nunca deixar o cliente sem resposta. O indicado é  estabelecer uma comunicação individualizada para que ele se sinta importante e único.

 

Há cerca de dois anos o grupo da jornalista Eliana Camejo prestava  apenas serviços de assessoria de imprensa para outras empresas. Entretanto, a diretora da Camejo Comunicação Empresarial  precisava expandir as possibilidades para os seus clientes atingirem o público desejado. Atualmente, a empresa trabalha com marketing de conteúdo e comunicação integrada, atendendo de  forma interna e externa.

 

Eliana acredita que é necessário produzir conteúdo segmentado, mas também dar atenção à notícias referentes ao cliente, elaborando cada conteúdo de forma personalizada. “Acredito que o maior benefício em relação ao investimento se reflete quando uma empresa consegue fornecer um suporte de comunicação integrada. Ela não pode ser isolada, todas as áreas caminham juntas”, explica.  

Por que apostar no Branded Content?

A partir do momento em que uma organização investe na comunicação segmentada e de qualidade, o retorno econômico é positivo. Para Marcos Silla Maisonnave, economista da área de Fusões e Aquisições, um marketing digital, em geral, quando bem aplicado permite que a empresa obtenha um maior domínio do seu consumidor final ou parceiro comercial, suas preferências, localização, hábitos de consumo e até prevê quando será a sua próxima intenção de consumo.

 

O economista que acredita que ao deter maior domínio do seu consumidor alvo a empresa pode elevar seu faturamento, obter ganhos de escala, ampliar seu mercado, reestruturar sua proposta de valor para  clientes e parceiros, além de reduzir riscos com esse processo de globalização. “Tenho acompanhado empresários alocarem boa parte do capital que era aplicado na mídia tradicional para o marketing digital. Estes investimentos em campanhas publicitárias desenvolvidas para veiculação em novas plataformas móveis permitem uma maior divulgação e assertividade do que grandes campanhas de mídia tradicional, demandando recursos infinitamente menores e com o benefício de saber quem assistiu seu material, quando, onde e por quanto tempo”, destaca.

 

Marcos ainda cita a possibilidade de engajar um cliente ou futuro cliente ao atrair sua atenção via produção de conteúdo, o Branded Content. Para ele, a chave do sucesso na área é gerar um fluxo de acesso que converta vendas e oportunidades para vendas futuras. “À medida em que a empresa gere este tipo de fluxo, mais rápido realiza o Retorno Sobre Investimento ”, esclarece.

 

Para que para as empresas se mantenham competitivas, o economista aponta a utilização de ferramentas digitais como: sites, blogs, e-mail marketing, SEO (Search Engine Optimization, em português conhecido como Otimização de Sites), redes sociais, fotos, vídeos, podcasts, apresentações, e-books e aplicativos móveis, pois tais ferramentas permitem monitoramento de resultados.

 

Estreitar laços com o público

A jornalista Gisele acredita que o Branded Content torna o ambiente digital mais profissional. “Acredito que cada vez mais as empresas estão vendo o mundo que as redes sociais podem oferecer para a sua marca e estão mais focadas em produzir conteúdos relevantes, investir pensando nas redes. Demorou, mas acho que as empresas estão se dando conta dessa necessidade”, pontua.

 

Ela aponta que uma das principais mudanças relatadas pelos clientes após adotar a comunicação integrada é estreitamento de laços com o público. A partir dos relatórios apresentados, a coordenadora de redes sociais lembra que é um trabalho com números, no qual podem entender o que funcionou e o que não funcionou, o que podem repetir, onde erraram.

 

“O legal desse trabalho é que as possibilidades são infinitas e os resultados são apresentados de forma clara para o cliente. Você passa a entender melhor o seu público e dessa forma consegue atender de forma mais correta e direta. Poder segmentar, inclusive com anúncios, também ajuda em estratégias para algumas marcas”, garante Gisele.

 

E a crise?

Em tempos em que o mercado está em baixa, desenvolver novos produtos e serviços é uma forma de fornecer uma proposta de valor para o consumidor.  A diretora de comunicação Eliana Camejo  destaca que a construção de imagem é um dos maiores benefícios da comunicação segmentada. “Uma empresa precisa se comunicar bem, tanto internamente quanto externamente, se ela não investe em comunicação em algum momento ela vai deixar sua  imagem à julgamento livre. Ainda podemos formar a opinião dos clientes, basta saber como”, acrescenta.

 

Para ela, uma empresa que contrata o serviço de comunicação integrada de certa forma sai ganhando, uma vez que o pacote fechado para site institucional, redes sociais e assessoria de imprensa sai mais barato que contratar agências separadas. Além disso, a jornalista garante aumento da visibilidade institucional, de forma que a marca torne-se conhecida nas redes sociais, na população em geral e com os formadores de opinião.

 

A empresa de Eliana, a Camejo Comunicação Empresarial tem grande aumento em solicitação de orçamento e entrada de novos clientes durante períodos de crise econômica. “Não é hora de ficar escondido. O número de empresas querendo ter visibilidade cresce bastante mesmo com as dificuldades econômicas”, conta.

 

Lida 730 vezes

Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Por favor resolva a equação * Time limit is exhausted. Please reload the CAPTCHA.