Cultura

Bloco da Laje e Banda Saldanha são atrações na Virada Sustentável

Clima de carnaval fora de época marca a noite de sexta-feira

Na noite de sexta-feira (01/04), o Bloco da Laje e a Banda Saldanha se apresentaram no Seminário Internacional Virada Sustentável, que desembarcou pela primeira vez em Porto Alegre. O show, que teve entrada franca, ocorreu no Largo Glênio Peres, em frente ao Mercado Público, a partir das 18h. Enquanto a Virada Sustentável continua a trazer iniciativas para valorizar projetos inovadores sobre o tema, as duas atrações musicais dão mais visibilidade ao evento.

Para Martina Frölich, integrante do núcleo de coordenação e cantante do Bloco da Laje, chamar a atenção para o pensamento consciente na comunidade é uma das funções da sua música. O diretor artístico e também intérprete do Bloco, Diego Machado, define o grupo como um formador de cultura. “Nós não estamos aqui para transformar a sociedade, mas para segurar as cordas quando for preciso”, explica Diego.

Cantante Martina Frölich no show do Bloco da Laje. Foto: Vanessa Vargas

Martina Frölich no show do Bloco da Laje. Foto: Vanessa Vargas

Durante o show, também foram destaques os slogans “A cultura é o quinto poder; O artista também tem poder; Viva a cultura brasileira, viva a cultura de rua brasileira” na voz do cantor e autor Zé da Terreira.

Diogo Fonseca, diretor da Banda Saldanha, considera que a presença dos artistas é uma influência para o destaque do seminário. A banda é um patrimônio sociocultural de Porto Alegre e leva o samba gaúcho para o Rio de Janeiro desde 2005. No domingo (3/04), a partir das 11h30, o show de Lenine e da Orquestra da Unisinos encerrará as programações do Seminário Internacional Virada Sustentável.

Veja a GALERIA DE FOTOS:

 

Lida 842 vezes

Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Por favor resolva a equação * Time limit is exhausted. Please reload the CAPTCHA.