Economia

Exportações de calçados brasileiros voltam a crescer

Dados divulgados pelo Ministério do Desenvolvimento, Indústria e Comércio (MDIC) apontam aumento no número de pares exportados em agosto

foto_-divulgacao_abicalcados1

Até o momento, foram 76,4 milhões de pares exportados, totalizando US$ 617,8 milhões (Foto: Divulgação/Abicalçados)

 

Depois de um período difícil para a indústria calçadista brasileira no exterior, o mercado pôde respirar novamente em agosto. De acordo com um levantamento realizado pelo Ministério do Desenvolvimento, Indústria e Comércio (MDIC), o mês de agosto registrou US$ 87,7 milhões comercializados, US$ 9 milhões a mais que julho e 27,1% acima do valor divulgado no mesmo período em 2015. Até o momento, foram 76,4 milhões de pares exportados, totalizando US$ 617,8 milhões. Se depender dos esforços do setor, as perspectivas ainda são promissoras: foi lançado, em agosto, o programa Future Footwear, que tem como missão ampliar os horizontes da indústria brasileira, tornando-a mais competitiva e capacitada.

 

Perspectivas para a indústria no exterior

Parceira da Abicalçados (Associação Brasileira das Indústrias de Calçados) através do Brazilian Footwear – programa de incentivo a exportações de marcas brasileiras –, a Apex-Brasil (Agência Brasileira de Promoção de Exportações e Investimentos) aponta que 83% das exportações do setor são de empresas contempladas pelo projeto. Estas tiveram um aumento de 7,8% na taxa de crescimento de suas vendas até agosto, contra uma queda de 10% registrada no mesmo período, ano passado. Christiano Braga, gerente de exportação da Agência, revela que, diretamente, os números são reflexo da retomada de resultados positivos de exportação para o setor. “E, indiretamente, retratam o investimento da indústria no desenvolvimento de marcas próprias e capacitação das empresas para acesso e manutenção de clientes internacionais”, afirma.

De acordo com Christiano, os principais objetivos para 2017 são trabalhar novas ações nos Emirados Árabes e prospectar dois novos mercados para o Brazilian Footwear: França e Reino Unido. Com o apoio da Agência, o calçado brasileiro já soma mais de 150 destinos em todo o mundo. Os Estados Unidos lideram o ranking de países importadores, à frente da Argentina, França e Bolívia, com mais de 7 milhões de pares comprados.

 

O futuro do calçado brasileiro

Apresentado na sede do Grupo Priority (detentor das marcas West Coast e Cravo &Canela), em Ivoti/RS, o Future Footwear é uma iniciativa da Abicalçados em parceria com entidades do setor coureiro-calçadista brasileiro. A gestora de projetos da Associação, Roberta Ramos, explica que trata-se de um programa colaborativo e aberto,que tem como objetivo encontrar novas soluções e tecnologias, melhores processos produtivos e novos modelos de negócios, para que empresas do segmento no país cresçam e se desenvolvam. “Nosso foco é que tanto as empresas estejam preparadas para um futuro de consumo diferente do que é hoje quanto que novas empresas surjam e entendam o potencial do setor, a capacidade, a história e a boa imagem que temos do Brasil e no exterior”, destaca Roberta.

 

foto_-divulgacao_abicalcados

Entidades do setor coureiro-calçadista brasileiro durante apresentação do programa Future Footwear (Foto: Divulgação/Abicalçados)

 

Além da Abicalçados, o Future Footwear conta com executores de diversas áreas ligadas ao segmento: Associação Brasileira de Empresas de Componentes para Couro, Calçados e Artefatos (Assintecal), Centro das Indústrias de Curtumes do Brasil (CICB) e Associação Brasileira das Indústrias de Máquinas e Equipamentos para Couros, Calçados e Afins (Abrameq). União que se justifica exatamente pelo caráter colaborativo da iniciativa, que ainda tem o apoio  do Instituto by Brasil (IBB), Instituto Brasileiro de Tecnologia do Couro, Calçado e Artefatos (IBTeC) e Serviço Nacional de Aprendizagem Industrial (Senai).

 

Future Footwear: atividades

Até o final do ano, estão previstas três ações: FF Exchange, rodada de negócios entre empresas e fornecedores do setor coureiro-calçadista, e FF Meeting, encontro com fornecedores, especialmente da área de tecnologia e inovação, para troca de conhecimentos sobre Indústria 4.0 (conceito de indústria que abarca inovações tecnológicas) no país. Ambos integram a programação da Semana do Calçado, que ocorre na sede da Abicalçados, em Novo Hamburgo/RS. Outra atividade é a FF Enterprise – Desafio Empreendedor, que premiará as melhores ideias para resolução de problemas no mercado calçadista. O torneio é voltado a estudantes de nível técnico e superior que trabalhem ou não na área. Maiores informações sobre o Desafio podem ser encontradas aqui.

Lida 649 vezes

Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Por favor resolva a equação * Time limit is exhausted. Please reload the CAPTCHA.