Política

ESPECIAL

Com Caubi Scarpato

Ligações Estratégicas: A política dos blocos econômicos

 

Alianças entre países visam o fortalecimento das nações no jogo político e econômico global

politica-in-bloco2

Diferentes motivações levam os países a organizarem-se em blocos estratégicos, dando origem a diversos acordos, tácitos ou formais, visando a cooperação mútua, em primeira instância, e benefícios a cada um dos participantes, prioritariamente. Poder de barganha política, robustez financeira e mercados alternativos, e até mesmo vínculos históricos e culturais, são alguns dos fatores que levam as nações a se organizarem em alianças, algo que ocorre também com o Brasil, que mantêm diferentes níveis e formas de acordo com outros blocos políticos e econômicos atualmente.

Historicamente, a divisão mundial em blocos remete ao período da Guerra Fria, que estabelecia uma dicotomia muito clara entre o chamado bloco comunista, capitaneado pela ex-URSS (União das Repúblicas Socialistas Soviéticas), e o bloco capitalista, que tinha nos Estados Unidos a sua principal referência. A partir da queda do Muro de Berlim, na virada dos anos 80 para os 90, contudo, essa dinâmico foi alterada, e o jogo político e econômico mundial passou a conviver com outros tipos de divisão e agrupamento.

No que diz respeito ao Brasil, destaca-se primeiramente o Mercosul, acordo de livre comércio estabelecido ainda em meados dos anos 80, visando o fortalecimento de relações comerciais entre países da América do Sul e destes em relação aos demais players do comércio internacional, a partir do momento que atuassem em políticas e diretrizes conjuntas. Mais recentemente, no entanto, e motivado principalmente pelo anseio de um maior protagonismo político no jogo político internacional frente a Estados Unidos e Europa, o Brasil aliou-se a Rússia, Índia, China e África do Sul nos BRICS.

Lida 509 vezes

Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Por favor resolva a equação * Time limit is exhausted. Please reload the CAPTCHA.