Geral

Aplicativos de exercícios podem trazer riscos à saúde

Apesar da praticidade, profissionais da área alertam para o grande risco de lesões ao exercitar-se sem acompanhamento

Falta de dinheiro e tempo são dois problemas recorrentes na sociedade atual. Dividir-se entre estudo e trabalho por vezes impede que se frequente uma academia. Seja por questões financeiras ou de agenda, os aplicativos de workouts, como são chamados, surgiram como uma possível solução para este problema.

Porém, praticar exercícios sem acompanhamento pode ser perigoso. O profissional de educação física Paulo de Tarso Pillar, explica que o aplicativo é interessante por um certo lado, pois às vezes as pessoas não gostam do convívio social de uma academia ou até não possuem dinheiro, mas alerta: às vezes o barato sai caro. “Em alguns casos a pessoa quer repetir um exercício de agachamento que ela viu em um vídeo, mas se ela tem algum problema de saúde, como a obesidade, assiste o vídeo e pensa: se ele faz eu também faço. Até pode conseguir fazer, mas num primeiro momento é complicado, pois o vídeo mostra uma pessoa saudável realizando o exercício”, explica o profissional.

Paulo também alerta que a atividade física não é diferente de uma consulta médica, e como tal, deve ter o acompanhamento de um profissional da área.

O aplicativo BTFit mostra vídeos para o usuário realizar o movimento correto

Janie Silva, 24 anos, é analista de pricing, e disse que utilizou o aplicativo Q48  durante dois meses. Segundo ela, a praticidade do aplicativo é incontestável, porém ele não substitui o trabalho com um profissional. Já para a estudante Júlia Andrade, de 23 anos, o aplicativo foi usado como uma alternativa para quando ela ficou fora do país e não tinha um profissional à disposição. “O aplicativo não substitui uma academia, mas serve de complemento para treinar em casa. Parei de usar quando retornei ao Brasil e retomei os treinos com meu professor”, explicou Júlia, que usou o aplicativo BTFit por cerca de um mês. 

A assistente de marketing de 25 anos, Larissa Luvison, disse que o aplicativo Seven é uma boa opção para quem não dispõe de muito tempo. Segundo ela, os circuitos duram de 7 a 8 minutos apenas e você defina quantas repetições pode fazer com o tempo disponível. Larissa utilizou a versão paga do aplicativo, que montava treinos diferentes a cada dia e trabalhava com sistema de metas. “Ele tem a opção de colocar quantos circuitos você quer fazer e te mostra uma meta por dia. Então ele acabava me incentivando a fazer. E quando eu não fazia por três dias, perdia toda a meta que já tinha alcançado” disse Larissa. Ela, porém, também optou por frequentar uma academia.

O aplicativo Seven apresenta animações com o movimento do exercício e ao invés de séries de repetições ele trabalha com um cronômetro

A fisioterapeuta, Lilian Valduga Brandelli alerta para diversas questões que o aplicativo não leva em conta na hora de prescrever os treinos, entre elas o histórico de lesões. “A prescrição de uma atividade física não é feita de forma tão simples quanto parece. Ela depende de diversas variáveis como nível de atividade, história pregressa de atividades físicas, histórico de lesões, consciência corporal, doenças como hipertensão e asma, histórico de medicamentos em uso, planejamento alimentar, presença ou não de dor ou desconforto durante algum movimento, entre outros” explica.

Lilian também alega que cada indivíduo é único do ponto de vista biológico, e tem um objetivo próprio com o exercício, portanto é necessário que um profissional da área prescreva as atividades, pois eles tem a capacidade de levar em conta todas as variáveis necessárias. Ela resume a questão do risco de utilizar os aplicativos em dois motivos, o primeiro, e mais importante, é o alto risco de lesões musculares, tendinosas e articulares, e o segundo é que pelo fato do treino não ter sido desenvolvido exclusivamente para o perfil do indivíduo, ele não vai render conforme o esperado.

Lida 784 vezes

Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Por favor resolva a equação * Time limit is exhausted. Please reload the CAPTCHA.